Tamanho do texto

Meia do Barcelona foi trollado pelos demais jogadores da seleção brasileira durante treino aberto da equipe de Tite em Sochi, na Rússia

Philippe Coutinho não escapou de ovos e farinha no treino da seleção brasileira
Mowa Press
Philippe Coutinho não escapou de ovos e farinha no treino da seleção brasileira

Aniversariante do dia, Philippe Coutinho completa 26 anos de idade nesta terça-feira (12). No primeiro treino da seleção brasileira nas terras russas, o clima foi de animação e ainda contou com torcida. Cerca de quatro mil pessoas estiveram presentes no estádio anexo ao hotel no qual a equipe está concentrada, na cidade de Sochi.

Leia também: Jornal argentino exalta Tite e diz que desempenho do Brasil é uma "obra-prima"

Para homenagear Coutinho , os companheiros de time fizeram uma brincadeira com o jogador. De surpresa, os brasileiros deram uma " ovada " no aniversariante dentro do gramado. Confira no vídeo abaixo o presente de aniversário do meia do Barcelona.


Leia também: CBF divulga foto oficial da seleção brasileira para a Copa do Mundo

Brasil dentre os favoritos

A Fifa publicou em seu site uma análise sobre as quatro seleções favoritas a conquistar a taça da Copa do Mundo na Rússia. Esse seleto grupo, de acordo com os analistas da entidade máxima do futebol , é formado pela seleção brasileira, pela atual campeã, Alemanha, pela Espanha e a França.

Fifa destaca que a  seleção brasileira atravessou uma "transformação sob a astuta liderança" do técnico Tite e considera que o Brasil "exorcizou os fantasmas" do traumático 7 a 1 sofrido na última Copa do Mundo com performances "excepcionais".

Leia também: Coutinho sobre substituir Iniesta no Barcelona: "Impossível, ele é único"

"Entre essas exibições está a recente vitória por 1 a 0 sobre os atuais campeões mundiais, em Berlim. Gabril Jesus, o autor do gol dessa partida, Alisson e Coutinho também elevaram a proeminência da equipe desde a última Copa do Mundo, e se somam a vários outros ótimos jogadores que formam uma forte, bem balanceada e unida seleção", exaltam os analistas. A entidade máxima do futebol destacou Neymar como a "peça-chave" da equipe e rasgou elogios ao camisa 10, lembrando que houve um "receio coletivo" quando o "talismã brasileiro" sofreu uma lesão no pé no fim da temporada pelo PSG, em fevereiro.