Tamanho do texto

Publicação elogiou métodos adotados pelo técnico da seleção brasileira, como rotatividade da faixa de capitão e treinamentos sem caneleiras

Em 21 partidas no comando da seleção brasileira, Tite viu seu time fazer 47 gols e sofrer apenas cinco
Mowa Press
Em 21 partidas no comando da seleção brasileira, Tite viu seu time fazer 47 gols e sofrer apenas cinco

O jornal argentino "Olé" publicou, nesta segunda-feira (11), uma matéria em que fez elogios ao técnico Tite. O diário fez análises das estratégias adotadas e disse que o treinador revolucionou a seleção brasileira , fazendo com que o desempenho se tornasse uma "obra-prima".

Leia também: Forte esquema de segurança barra presidente da federação em treino da França

"Para alguns, os mais exitistas, existem questões de fundo que se perdem de vista só porque o único que vale são os resultados. Para outros, é nesse trabalho de formiga em que encontram o verdadeiro sentido do seu trabalho, do seu legado, independentemente do seu destino em 90 minutos. Neste último grupo está Tite, o treinador que tenta transmitir sua filosofia à seleção brasileira com recursos simples e efetivos", publicou o jornal.

A rotatividade da faixa de capitão foi um dos metódos elogiados pelo diário. Até o momento, 16 jogadores diferentes tiveram a função de capitão ao longo de 21 partidas disputadas desde que o técnico assumiu o comando da seleção brasileira. Além disso, o "Olé" também citou os treinamentos sem o uso de caneleiras, que incentivam os atletas a chegarem firme em divididas, mas sempre com lealdade.

Leia também: Salah faz corrida leve em primeiro treino para a Copa do Mundo

Os resultados dentro de campo também encantaram os argentinos: "As intenções viram seu reflexo no campo: nas suas 21 partidas a frente da Seleção, não teve jogadores expulsos. E se falamos de futebol e desempenho, o do Brasil é brilhante: 47 gols a favor, cinco contra e 86% dos pontos ganhos. Uma verdadeira obra-prima".

Chegada à Rússia

A delegação do Brasil desembarcou na noite desse domingo (10) na cidade de Sochi, onde a seleção brasileira ficará hospedada durante a disputa da primeira fase da Copa do Mundo da Rússia. O ônibus da CBF chegou ao  luxuoso cinco-estrelas Swissôtel Resort Kamelia já por volta das 3h30 da madrugada no horário local (21h30 no horário de Brasília), e os jogadores foram recebidos com festa pelos funcionários do hotel.

Leia também: Fifa aponta Brasil entre as favoritas e exalta "capacidade soberba" de Neymar

A recepção (organizada pela administração do próprio resort com apoio do governo local) contou com decoração balões azuis, verdes e amarelos, bandeiras do Brasil decorando o hall do resort. Um coral formado por mulheres russas deu as boas-vindas aos jogadores da seleção de Tite , que puderam ainda experimentar o Karavai, pão típico russo.

    Leia tudo sobre: Futebol