Tamanho do texto

Em entrevista, o camisa 10 colocou seu futuro na seleção argentina em dúvida após Mundial e acredita que performance será determinante

No auge de seus 30 anos, Lionel Messi pode estar se despedindo da seleção argentina na Copa da Rússia em sua última esperança de conquistar o Mundial. Em entrevista ao diário Sport , o craque coloca seu futuro na Argentina em dúvida após o torneio e acredita que a performance na competição vai determinar se ele continua ou não vestindo a camisa de seu país.

Leia também: Neymar, Messi, Salah e Sterling: Veja quem usará a camisa 10 na Copa do Mundo

Messi não descarta aposentadoria após a Copa do Mundo
Divulgação
Messi não descarta aposentadoria após a Copa do Mundo


"Vai depender de como iremos na Copa, como vamos terminar. O fato de perdermos três finais nos fez passar por momentos delicados com a imprensa argentina por ela não entender a diferença do que significa chegar a uma final. Não é fácil e é preciso ser valorizado. Claro que é importante conquistar, mas chegar à decisão não é simples", explicou Messi

Para o camisa 10, seria perfeito se aposentar depois de um título mundial da Argentina, mas ele garante que, mesmo que a seleção conquiste o tricampeonato, sua fome por títulos não diminuirá a ponto de se aposentar. "Por mais que ganhe a Copa. Ganhei muitos títulos em clubes e no ano seguinte a motivação era igual, com a ideia de ganhar novamente. Com a Copa do Mundo seria o mesmo", afirmou ele.

Leia também: "Todas as coisas que o Messi faz, eu já tinha feito antes", dispara Maradona

Já quando Messi é questionado sobre o que pensa depois de pendurar as chuteiras, o jogador adianta que, por enquanto, não cogita ser técnico de nenhuma equipe. "Hoje não me vejo sendo treinador. Mas nunca se sabe o que vai passar no futuro. Já escutei o Zidane dizendo também que nunca seria treinador e depois acabou mudando de ideia e estava lá. Não me vejo treinando, mas nunca se sabe", finalizou o atleta.

Copa América

Lionel Messi anunciou aposentadoria da seleção argentina, mas voltou atrás
Reprodução
Lionel Messi anunciou aposentadoria da seleção argentina, mas voltou atrás


Leia também: Como a Copa do Mundo pode definir quem será o melhor jogador do mundo

Em 2016, depois da Argentina ser derrotada nos pênatis para o Chile na final da Copa América Centenário, na quarta derrota seguida em finais de Messi pela seleção, ele sentou no gramado chorando e anunciou que estava se aposentando. "É duro, não é momento de análises No vestiário pensei que esse é o final para mim na seleção, não é para mim", disse ele, que posteriormente voltou atrás.




    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.