Tamanho do texto

Noël Le Graët precisou deixar o local em que a França treinava e depois foi impedido de retornar pelo esquema de segurança russo montado no entorno

Noël Le Graët passou por constrangimento ao tentar entrar no local em que a França fazia seu treinamento
REPRODUÇÃO/FFF
Noël Le Graët passou por constrangimento ao tentar entrar no local em que a França fazia seu treinamento

A Rússia está fazendo de tudo para ter uma Copa do Mundo sem problemas. O país optou por montar um forte esquema de segurança nas sedes e no entorno dos locais em que as seleções estão se preparando para o torneio. A busca pela segurança, no entanto, às vezes pode ultrapassar os limites e causar constrangimentos – e a França vivenciou essa experiência.

Leia também: Salah faz corrida leve em primeiro treino para a Copa do Mundo

Nesta segunda-feira (11), o presidente da Federação Francesa de Futebol, Noël Le Graët , foi barrado no treino da França , em Istra, cidade próxima de Moscou. Quem falou sobre o caso foi o técnico Didier Deschamps.

"Vou lhe dar um exemplo: até o nosso presidente, que devia sair, não pôde regressar. Ele tinha seu cartão, mas 'não, é não'. Esperamos que eles relaxem essas regras", disse o técnico francês sobre a situação.

Leia também: Fifa aponta Brasil entre as favoritas e exalta "capacidade soberba" de Neymar

Mais da coletiva

Ainda na coletiva concedida nesta segunda-feira, o técnico garantiu já ter a escalação definida, mas que só divulgará o time titular no dia do jogo. Segundo o treinador, a equipe deve jogar com velocidade e valorização da posse de bola.

"Sim, tenho a minha formação inicial para a Austrália. Mas você vai esperar até sábado para conhecê-lo. Estou construindo meu time para avançar e causar problemas para o adversário", disse o treinador francês.

Um dos principais jogadores da seleção, Antoine Griezmann foi assunto na coletiva. O atacante, que ainda não tem a situação definida no Atlético de Madrid, tem sido especulado em outros, sendo o principal deles o Barcelona. Perguntado sobre o jogador, Deschamps falou sobre o futuro do atleta. "O que está claro é que ele fica na Espanha", afirmou.

Leia também: Cristiano Ronaldo se irrita em treino na Rússia e pede silêncio à torcida

Além disso, o treinador também falou sobre outro importante jogador, Olivier Giroud, que sofreu um corte na cabeça em amistoso contra os Estados Unidos. Segundo o técnico, o atacante da França está bem, mas deve ficar sem contato com a bola por ao menos 48h. 

    Leia tudo sobre: Futebol