Tamanho do texto

Egípcio que corre contra o tempo para se recuperar de lesão no ombro disse que a possibilidade de perder a Copa do Mundo foi "devastadora"

Mohamed Salah segue em recuperação para poder jogar a Copa do Mundo com o Egito. Em entrevista ao jornal espanhol Marca , o atacante revelou que seu ombro direito já está melhor, mas, ao ser questionado se o lance que o tirou da final da Liga dos Campeões foi normal, respondeu com ironia e demonstrou que não desculpou o zagueiro Sergio Ramos .

Leia também: Neymar, Messi, Salah e Sterling: Veja quem usará a camisa 10 na Copa do Mundo

Sergio Ramos segura o braço de Mohamed Salah e cai por cima, lesionando-o
Reprodução
Sergio Ramos segura o braço de Mohamed Salah e cai por cima, lesionando-o

“Eu não sei. Talvez?", disse. Quando perguntado sobre a declaração de Ramos 'Vendo a jogada bem, ele me agarra primeiro o braço e eu caio do outro lado, de fato se lesiona o outro braço', Salah continuou com ironia e apenas afirmou: "Isso é engraçado".

O zagueiro disse há dias que se o egípcio "tivesse feito infiltração poderia inclusive ter jogado o segundo tempo". Sobre isso, o camisa 10 resolveu falar: "(Risos) Meu comentário é que é sempre ok quando a pessoa que fez você chorar primeiro, então te faz rir. Talvez ele possa me responder também se estarei pronto para a Copa do Mundo?".

Leia também: Como a Copa do Mundo pode definir quem será o melhor jogador do mundo

"Ele me mandou uma mensagem, mas eu nunca disse a ele que estava tudo bem", completou o jogador de 25 anos a respeito do defensor espanhol.

Medo de perder a Copa

Quando foi derrubado por Sergio Ramos em um golpe que não seria permitido nem em um confronto de judô, Salah revelou que foram muitos os pensamentos: "Quando caí no chão, tive uma mescla de dor física e muita preocupação, também enfado e tristeza por não poder continuar jogando a final da Champions League. Momentos depois, também pensei sobre a possibilidade de perder a Copa, e este foi um pensamento devastador".

Leia também: Marcelo defende Sergio Ramos e diz que portas do Real estão abertas para Neymar

O Egito irá estrear na Copa do Mundo diante do Uruguai, no dia 15, e a presença de Salah ainda é improvável. O segundo jogo será contra a Rússia, no dia 19, e o terceiro e último da primeira fase contra a Arábia Saudita no dia 25.

    Leia tudo sobre: futebol