Tamanho do texto

Delegação do Junior Ramplas, do Uruguai, teve materiais esportivos furtados e precisou de doações de chuteiras para conseguir jogar contra o Nacional

Principais jogadores do Uruguai, Cavani e Suárez estão entre os atletas que doaram chuteiras ao Ramplas Juniors
Reprodução
Principais jogadores do Uruguai, Cavani e Suárez estão entre os atletas que doaram chuteiras ao Ramplas Juniors

Durante a preparação para a Copa do Mundo, alguns jogadores do Uruguai tiraram um tempo para fazer uma boa ação. Luis Suárez, Fernando Muslera, Diego Godín, Edinson Cavani e Maxi pereira doaram 15 chuteiras para os jogadores do Rampla Juniors, time do país que teve os materiais esportivos roubados na última semana. Cada jogador enviou três pares.

Leia também: Neymar, Messi, Salah e Sterling: Veja quem usará a camisa 10 na Copa do Mundo

Por meio do Twitter, o clube agradeceu a atitude dos atletas que estarão na Copa da Rússia para defender o Uruguai. "Mais unidos do que nunca. Nos momentos ruins, aparecem os grandes gestos. Os jogadores da seleção uruguaia nos doaram 15 pares de chuteiras. Obrigado", disse a equipe na rede social. 

O equipamento do clube havia sido furtado na última quinta-feira (31). Na ocasião, criminosos entraram no Estadio Olímpico e levaram tudo que conseguiram. A presidente do Rampla Juniors , Isabel Peña, já havia afirmado que a partida contra o Nacional, realizada no último sábado (2), só foi possível por conta de doações, mas o fato de que parte delas tinha sido feita por jogadores da seleção ainda não era de conhecimento público.

Leia também: Governo da Sérvia promete pagar R$ 43 milhões em caso de título da Copa

Apesar da bonita história, o resultado da partida não foi o que o Rampla Juniors esperava. O jogo terminou em 2 a 0 para o Nacional, em partida válida pelo campeonato uruguaio. Com a derrota, o time ficou na sexta colocação do Grupo A.

Preparação para a Copa

Reunida para o Mundial, a seleção treinou nesta segunda-feira (4), no Uruguai, já com os 23 atletas que viajarão à Rússia. Na atividade, os jogadores de linha treinaram em campo reduzido e os goleiros fizeram treinamentos à parte.

Leia também: Astro nigeriano, ex-atleta Nwankwo Kanu é roubado ao chegar à Rússia para Copa

Antes de Copa do Mundo, a celeste faz um amistoso contra o Uzbequistão, na próxima quinta-feira (7), em Montevidéu. Já no Mundial, a seleção uruguaia está no Grupo A, ao lado da Arábia Saudita, Egito e da afintriã Rússia. A estreia acontecerá no dia 15, contra a seleção egípcia.

    Leia tudo sobre: Futebol