Tamanho do texto

Seleção azteca cai nesta fase desde o Mundial de 1994, nos Estados Unidos

Chicharito Hernández é a esperança do México na Copa
REPRODUÇÃO/CONMEBOL
Chicharito Hernández é a esperança do México na Copa

Passar das oitavas de final é o grande objetivo do México na Copa do Mundo da Rússia, em 2018, já que a seleção foi eliminada nesta fase nas últimas seis edições do Mundial. Será que chegou a hora de quebrar essa escrita? Os mexicanos iniciam a caminha dentro do grupo F, ao lado de Alemanha, Suécia e Coreia do Sul.

Leia também: Os 5 jogos imperdíveis e os 5 menos atrativos da primeira fase da Copa 2018

O México estreou em Copas logo na primeira edição, em 1930. Com três derrotas em três jogos, a equipe terminou o torneio em último lugar. Voltou a disputar uma Copa apenas em 1950, no Brasil, e novamente foi eliminada na fase de grupos.

Apenas em 1958, na Suécia, os mexicanos conquistaram o seu primeiro ponto em Copas, no empate com País de Gales por 1 a 1. E a primeira vitória veio na edição seguinte. Em 1962, no Chile, a seleçã azteca conseguiu sua primeira vitória após derrotar a extinta Tchecoslováquia por 3 a 1. E assim caminharam até 1970, quando sediaram a Copa do Mundo.

Após seis Mundiais seguidos, os mexicanos ficaram ausentes da Copa de 1974, mas retornaram em 1978. E voltaram a decepcionar. Três derrotas em três jogos e eliminação na primeira fase. Fora da Copa em 1982, o México sediou novamente a Copa do Mundo, em 1986.

Leia também: CBF divulga numeração oficial da seleção brasileira para Copa do Mundo

Assim como em 1970, quando foi sede, os mexicanos chegaram às quartas de final. Fora da competição em 1990, os mexicanos disputaram outro Mundial em 1994. Dessa vez, eliminação para a Bulgária, nos pênaltis, nas oitavas. O carma continuou em 1998, com queda diante da Alemanha, também na primeira fase mata-mata. E não parou por aí.

Em 2002, eliminação para os Estados Unidos, novamente nas oitavas. Em 2006, os argentinos foram os responsáveis pela eliminação do México. Quatro anos depois, em 2010, a história voltou a se repetir. Os mesmos argentinos eliminaram os aztecas, novamente nas oitavas. Em 2014, no Brasil, o que aconteceu? Eliminados pela Holanda nas oitavas.

Ou seja, as últimas seis eliminações do México aconteceram nas oitavas de final. 

A campanha até a Rússia

Jogadores mexicanos nas Eliminatórias
Reprodução/Twitter/miseleccionmx
Jogadores mexicanos nas Eliminatórias

Os mexicanos se classificaram para a Copa da Rússia após ficar com a primeira colocação no hexagonal final das Eliminatórias da Concacaf. A principal esperança dos mexicanos para a Copa é o atacante Chicharito Hernández, do West Ham, de 29 anos de idade - ele tem 100 jogos e 49 gols pela seleção mexicana.

Leia também: Revista lista 25 maiores das Copas com Maradona em 1º e sete brasileiros

Os mexicanos devem lutar com a Suécia pela segunda vaga do grupo F, uma vez que a atual campeã e favorita Alemanha deve ficar com a primeira colocação no grupo.  México e Suécia devem travam uma árdua batalha pela segunda colocação. A Coreia do Sul corre por fora na chave.

    Leia tudo sobre: Futebol