Tamanho do texto

Mohamed Salah se lesionou em lance com Sergio Ramos durante o primeiro tempo da final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Liverpool; veja

O advogado egípcio Bassem Wahba anunciou na manhã desta segunda-feira (28) que entrou com uma ação contra Sergio Ramos , capitão do Real Madrid , depois de um golpe em Salah no jogo entre o clube espanhol e o Liverpool pela final da Champions League, no último sábado (26).

Leia também: Salah crê em presença na Copa do Mundo após lesão: "Estou confiante"

Salah sai de campo chorando após lesionar o ombro durante a final da Liga dos Campeões
Repordução/twitter
Salah sai de campo chorando após lesionar o ombro durante a final da Liga dos Campeões


No lance, Sergio Ramos e Mohamed  Salah se enrolaram e o zagueiro acabou segurando o jogador do Liverpool, que machucou o ombro esquerdo e ficou de fora da final da Liga dos Campeões. Além disso, o egípcio ainda corre risco de ficar de fora da Copa do Mundo da Rússia.

Leia também: Real Madrid conquista Liga dos Campeões com bicicleta de Bale e lesão de Salah

Agora, o advogado explicou que entrou com uma ação com a justificativa de que Sergio Ramos lesionou "intencionalmente" Salah e deve ser punido por suas ações. "Entrei com uma ação e uma queixa junto da FIFA", disse Bassem para um canal de televisão egípcia. "Vou pedir uma indenização, que pode exceder um bilhão de euros, pelos danos físicos e psicológicos que Sergio Ramos causou a Salah e a todo o povo egípcio", acrescentou.

"O futuro te espera"



Na manhã do último domingo (27), Sergio Ramos postou uma mensagem em seu Twitter e desejou boa recuperação para Salah . "O futebol te mostra a face mais doce às vezes e a mais amarga outras. Antes de mais nada, somos companheiros. Pronta recuperação, Salah. O futuro te espera. #FiqueBomRápido", escreveu o zagueiro.

Petição

Os torcedores egípcios estão realizando uma petição online pedindo a Fifa que puna Sergio Ramos pela dura entrada em Salah. Na petição, Mohamed Salah Abdel-Hakeem, que criou o pedido, diz que a Sergio Ramos teve intenção de machucar Salah – embora o árbitro da partida não tenha marcado falta. 

"Sergio Ramos intencionalmente manteve o braço de Mohamed Salah sob sua axila, causando deslocamento de seu ombro. Não só faltando o resto do jogo, mas também faltando a Copa do Mundo FIFA 2018.

Além disso, ele continuou agindo que os jogadores do Liverpool o derrubaram falsamente, fazendo com que o árbitro desse a Manne um cartão amarelo que ele não merecia.
Sergio Ramos representa um exemplo terrível para as futuras gerações de jogadores de futebol. Em vez de ganhar partidas de forma justa, ele usa truques que desafiam o espírito do jogo e fair play.

A UEFA e a FIFA devem tomar medidas contra Ramos e jogadores semelhantes, usando as gravações de vídeo dos jogos para manter o espírito do jogo".

Leia também:  Salah interrompe jejum do Ramadã para a decisão da Liga dos Campeões


    Leia tudo sobre: Futebol