Tamanho do texto

Após sofrer lesão no ombro esquerdo durante a final da Champions League, atacante egípcio tenta se recuperar a tempo de jogar o Mundial da Rússia

O atacante do Liverpool Mohamed Salah não desistiu do sonho de disputar a Copa do Mundo pelo Egito . Na próxima terça-feira (29), o jogador viaja para a Espanha, onde vai realizar um tratamento para se recuperar da lesão no ombro esquerdo. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (28) pela Federação Egípcia de Futebol. 

Leia também: Pirlo diz que seleção brasileira está entre suas favoritas para vencer a Copa

Salah sai chorando durante final da Champions após ser lesionado por Sergio Ramos
Reprodução/Twitter/ChampionsLeague
Salah sai chorando durante final da Champions após ser lesionado por Sergio Ramos

De acordo com a nota divulgada pela federação,  Salah  começou a fazer o tratamento já no dia seguinte ao jogo final da Champions League contra o Real Madrid. A expectativa dos egípcios é de que o jogador se junte à seleção ainda na capital do país, o Cairo, para onde a equipe vai retornar após disputar partida amistosa contra a Colômbia na Itália. 

Ainda segundo a entidade, o jogador disse estar otimista e confiante de que conseguirá voltar rapidamente às atividades. Se o atacante pretende estar disponível para a estreia do Egito na Copa do Mundo, restam apenas 18 dias para que ele se recupere, pois a seleção estreia no dia 15 de junho, contra o Uruguai.

Leia também: Tite escala dois times e jogador curinga no primeiro treino do Brasil em Londres

Salah se lesionou em uma disputa de bola com Sergio Ramos, quando o jogo estava empatada sem gols. No lance, o zagueiro do Real Madrid segurou o braço do egípcio e se jogou ao chão quando o atacante tentava disparar em velocidade. Na queda, o atacante caiu com o ombro embaixo do corpo do adversário e se lesionou. Ele ainda tentou voltar para a partida, mas não conseguiu mais atuar e deixou o campo chorando. 

Zagueiro processado

Após a lesão do principal jogador egípcio, o advogado Bassem Wahba anunciou na manhã desta segunda-feira, que entrou com uma ação contra Sergio Ramos pela falta que tirou o atacante do Liverpool de combate. Segundo o advogado, o zagueiro do Real Madrid lesionou intencionalmente o jogador de Egito e deve ser punido por suas ações.

Leia também: Na Suíça e no aguardo de recurso, Guerrero se mantém otimista: "Não trapaceei”

"Entrei com uma ação e uma queixa junto da Fifa", disse Bassem em entrevista a um canal de televisão egípcia. "Vou pedir uma indenização, que pode exceder um bilhão de euros, pelos danos físicos e psicológicos que Sergio Ramos causou a  Salah  e a todo o povo egípcio", acrescentou.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.