Tamanho do texto

Técnico da seleção argentina chamou Guzmán para substituir Romero após lesão; antes disso, o pai do novo convocado atacou Sampaoli com caricatura

Pai do goleiro Nahuel Guzmán fez crítica ao técnico Jorge Sampaoli por meio de caricatura
Reprodução/Facebook - Jorge Guzmán
Pai do goleiro Nahuel Guzmán fez crítica ao técnico Jorge Sampaoli por meio de caricatura

O técnico da seleção da Argentina, Jorge Sampaoli, chamou o goleiro Nahuel Guzmán para substituir o titular da equipe, Sergio Romero, após o atleta do Manchester United  sofrer lesão no joelho direito e ser cortado do grupo que disputará a Copa do Mundo na Rússia.

"A lesão de Romero representa uma baixa muito sentida para nós, não só na questão futebolística, mas também na parte humana. Ele tem 10 anos como titular da seleção. São coisas do futebol, podem acontecer. Devemos desejar o melhor a Guzmán e seguir adiante", comentou nesta quarta-feira (23) o zagueiro Javier Mascherano, um dos líderes da seleção.

Chamado às pressas para integrar o grupo de Sampaoli , Guzmán atua pelo Tigres, do México, e havia sido descartado pelo técnico após aparecer na pré-lista com 35 jogadores divulgada na semana passada. Os goleiros escolhidos pelo treinador da Argentina  foram Caballero, do Chelsea, Armani, do River Plate, e o agora fora de combate Romero.

Por conta dessa escolha inicial do treinador, o cartunista Jorge Guzmán, pai do goleiro do Tigres, havia publicado no início desta semana uma imagem crítica a Sampaoli em suas redes sociais. Na charge, o técnico aparece com a camisa da seleção do Chile – treinada por ele entre 2012 e 2016 – e usando uma máscara. 

O personagem retratado na caricatura ostenta ainda tatuagens com os logotipos de emissoras de TV argentinas, sugerindo que o técnico tenha se deixado levar pela pressão da imprensa – que fez campanha pela convocação de Armani, em detrimento de Guzmán.

Leia também: Convocação da Argentina causa tristeza e desabafos nas redes sociais

Sampaoli ofusca sonho de Guzmán

O texto que acompanhou a publicação nas redes sociais do cartunista não faz menção direta à convocação, mas trata-se de uma metáfora que versa sobre os sonhos. O plano de fundo da charge indica que o sonho citado no texto é o do goleiro Guzmán em disputar o mundial. À primeira vista, pode parecer apenas um fundo escuro, mas trata-se de um retrato do atleta e da foto de uma partida de futebol. Como se Sampaoli estivesse ofuscando o sonho de Guzmán.

"O que meu pai fez agora? Ele já é grande", desconversou o goleiro ao ser questionado por jornalistas sobre a publicação de Jorge Guzmán. "Prefiro não falar sobre a seleção", desviou também ao ser indagado por não entrar na lista para a Copa do Mundo.

Agora Guzmán terá a oportunidade de ir à Rússia e disputar com Armani e Caballero dela condição de titular na equipe de Jorge Sampaoli . A Argentina está no grupo D da Copa, ao lado da Islândia, da Croácia e da Nigéria.

Leia também: Sampaoli deixou de convocar atleta para evitar atrito com líderes da Argentina