Tamanho do texto

Projeto juntará itens relacionados à Copa do Mundo para serem enterrados na Faria Lima, em São Paulo, dentro de baú que será abertos após 32 anos

Participação na cápsula do tempo da Copa do Mundo pode ser feita até o final do torneio da Rússia
shutterstock
Participação na cápsula do tempo da Copa do Mundo pode ser feita até o final do torneio da Rússia

Caso uma cápsula do tempo enterrada em 1986 fosse aberta nos dias de hoje, teríamos muitas informações, surpresas e deduções interessantes sobre os favoritos ao título da Copa do Mundo daquele ano, além de uma série de curiosidades.

Leia também: Iniesta viaja para o Japão e deve ser anunciado pelo Vissel Kobe em breve

Na referida edição do torneio, o argentino Diego Maradona foi quem ergueu a taça mais cobiçada pelos 24 países que participaram do mundial realizado no México – sede substituta da Colômbia que desistiu de receber a Copa do Mundo naquele ano. De lá para cá, muita coisa mudou no futebol.

Pensando na Copa de 2018, qual é a principal aposta dos brasileiros? Daqui a mais 32 anos, em 2050, qual será o país-sede do torneio em 2050? Será que até lá a Holanda terá conquistado seu primeiro título? São muitos os questionamentos possíveis e, por conta disso, surgiu a ideia de criar uma cápsula do tempo da Copa do Mundo, que será aberta após as próximas oito edições da competição.

Leia também: Esposa de Romero nega lesão do goleiro argentino: "Queriam ele fora da seleção"

A ação, que surgiu em São Paulo, pretende contar com todos amantes do futebol interessados em participar do projeto. Você pode enviar qualquer coisa relacionada à Copa, como, por exemplo, um álbum de figurinhas, uma mensagem para o técnico Tite ou um dos jogadores, deixar aquele palpite para os próximos anos de Copa, uma foto da camisa atual da seleção do Brasil para relembrar o modelo daqui a 32 anos. Se você quiser, pode até mesmo se arriscar a dizer quantas estrelas a mais a seleção canarinho vai colocar na camisa até lá.

Leia também: Campeão da Copa do Mundo com a Itália, Iaquinta pode pegar seis anos de prisão

É possível participar do projeto acontece até o final da Copa da Rússia 2018. Após o término da competição, um baú será armazenado em uma praça pública na Avenida Faria Lima, em São Paulo, e será aberto somente em 2050, ano em que haverá mais uma edição da Copa do Mundo . Para participar, basta fazer um cadastro no site da ação e enviar sua mensagem seguindo as instruções.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.