Tamanho do texto

Analistas de 19 times das séries A e B do Brasileirão acompanharam seleções a serviço da CBF; Tite já ouviu profissional do Avaí (Costa Rica) e do Grêmio (Suíça), e hoje saberá detalhes da Sérvia com a equipe de analistas do Sport

Técnico Tite durante conversa com analistas do Avaí; clube ficou encarregado de analisar a seleção da Costa Rica
Reprodução/CBF TV
Técnico Tite durante conversa com analistas do Avaí; clube ficou encarregado de analisar a seleção da Costa Rica

O técnico Tite e sua comissão contam com um trunfo inusitado na preparação da seleção brasileira para a Copa do Mundo : o trabalho de 'espiões' de clubes das séries A e B do Campeonato Brasileiro.

A estratégia ganhou corpo no ano passado por iniciativa de Fernando Lázaro, um dos integrantes do corpo técnico de Tite . Na ocasião, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) incumbiu 19 clubes que estavam na Série A do Brasileirão para observar 27 seleções em todos os seus jogos oficiais e amistosos. Somente o Flamengo não aceitou participar do projeto, sob a alegação de estar desfalcado em seu departamento de análises de desempenho.

As seleções da Argentina, do Uruguai, do Peru e da Colômbia são as únicas que não foram 'espionadas' por profissionais dos clubes, já que a CBF entende que os analistas da seleção já conhecem bem essas equipes devido aos jogos das Eliminatórias Sul-Americanas.

Em nota, a CBF afirma que a iniciativa visa "potencializar a análise dos possíveis adversários e trazer o conhecimento dos profissionais dos clubes para dentro do processo". 

O resultado dessa experiência começou a ser conhecido no domingo (20), o primeiro dia de trabalhos no CT da Granja Comary, em Teresópolis (RJ). O treinador da seleção e sua equipe se reuníram com os analistas do Núcleo de Inteligência do Futebol (NIF) do Avaí para ouvir os detalhes sobre a seleção da Costa Rica .

Já na segunda-feira (21) foi a vez do analista do Grêmio, Lucas Oliveira, passar os detalhes sobre o jeito de jogar da seleção da Suíça , que será o adversário do Brasil na estreia da Copa do Mundo, no dia 17 de junho. 

Nesta terça-feira (22), será a vez da comissão técnica do Brasil se reunir com os profissionais do Sport, que ficaram com a responsabilidade de observar a equipe da Sérvia .

A seleção brasileira treinará na Granja Comary só até sábado (26) e embarcará no dia seguinte no Aeroporto Internacional do Galeão com destino a Londres, onde a preparação para a Copa terá continuidade. O grupo comandado por Tite  fará, em sua última etapa de preparação para o Mundial, amistosos contra a Croácia no dia 3 de junho, em Liverpool, e contra a Áustria, no dia 10, em Viena.

Leia também: Copa do Mundo reunirá irmãos em campo; conheça histórias aqui

Confira abaixo as seleções analisadas pelos profissionais de cada clube:

Atlético-GO – França
Atlético-MG – Rússia
Atlético-PR – Islândia e Coreia do Sul
Avaí – Costa Rica
Bahia – Irã
Botafogo – Japão e Suécia
Chapecoense – Inglaterra
Corinthians – Arábia Saudita e Panamá
Coritiba – Bélgica
Cruzeiro – Polônia e Grécia
Fluminense – México
Grêmio – Marrocos e Suíça
Palmeiras – Tunísia e Dinamarca
Ponte Preta – Espanha
Santos – Portugal
São Paulo – Alemanha e Austrália
Sport – Sérvia
Vasco – Egito e Nigéria
Vitória – Senegal

Leia também: CBF inaugura centro de R$ 17 milhões que será usado só por 6 dias pela seleção

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas