Tamanho do texto

Atacante do Tottenham terá a missão de substituir Wayne Rooney, dono da braçadeira na última Copa, que não foi convocado por Gareth Southgate

Harry Kane foi capitão da Inglaterra em quatro jogos durante as eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo
Reprodução/FA
Harry Kane foi capitão da Inglaterra em quatro jogos durante as eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo

O atacante Harry Kane, do Tottenham, foi anunciado como o capitão da Inglaterra na Copa do Mundo. O anúncio foi feito durante o primeiro dia de treinamentos da seleção no CT de St's George Park, nesta terça-feira (22).

Leia também: Tite conta com relatório de 'espiões' de clubes que analisaram rivais da seleção

"Ser capitão é aquele algo a mais. Estou empolgado para a Copa do Mundo , mal posso esperar para estar lá e viver essa experiência. Liderar meus companheiros vai ser especial" disse Harry Kane  durante o anúncio da decisão, feito por meio de streaming nas redes sociais.

Kane, que defende a seleção de seu país desde as categorias de base, jogou pela primeira vez no profissional em 2015. De lá para cá, já fez 12 gols em 23 partidas e foi capitão em quatro oportunidades ao longo da caminhada nas eliminatórias da Europa. Agora, terá a missão de substituir Wayne Rooney, dono da braçadeira em 2014 que não foi convocado neste ano.

Leia também: Maradona defende Guerrero na web: "Espero vê-lo jogando na Rússia"

"Harry tem algumas qualidades pessoais excepcionais. Ele é um profissional meticuloso. As coisas mais importantes para um capitão é que eles definem o padrão todos os dias", afirmou o treinador Gareth Southgate.

Ainda segundo o técnico, Kane vai precisar da ajuda de outros líderes do elenco para conseguir cumprir sua função da melhor maneira possível. "Não dá para virar um time de qualidade apenas tendo um bom capitão, com bons valores. Isso precisa ser espalhado pelo grupo. Acho que ele é o que está pronto para assumir esse desafio", disse.

As outras liderenças dentro do elenco às quais Southgate se refere são, principalmente, o volante Henderson, do Liverpool, de 27 anos, e o experiente zagueiro Cahill, do Chelsea, de 32 anos.

Leia também: Messi chega a Buenos Aires e se apresenta à seleção da Argentina

Na Copa do Mundo, a Inglaterra está no Grupo G, ao lado de Bélgica, Panamá e Tunísia. Apesar de ter Harry Kane , um dos melhores centroavantes do mundo na atualidade, e outros jovens promissores, a seleção corre por fora na busca pelo título. Os ingleses chegam à Copa de 2018 para tentar quebrar o jejum no torneio, que já dura 52 anos.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.