Tamanho do texto

Atacante do Palmeiras já está treinando com o grupo comandado por Pékerman em Bogotá; 'rival' de Borja por vaga sente desconforto muscular

Atacante Miguel Borja já está treinando com ao grupo da Colômbia em Bogotá; Bacca (canto direito) deve ir ao Mundial
Divulgação/FCF
Atacante Miguel Borja já está treinando com ao grupo da Colômbia em Bogotá; Bacca (canto direito) deve ir ao Mundial

O atacante palmeirense Miguel Borja já está treinando com o grupo da  seleção da Colômbia que se prepara para a disputa da Copa do Mundo na Rússia. O técnico José Pékerman já conta com 20 jogadores no centro de treinamento da seleção, em Bogotá, e tem no setor de ataque sua principal dúvida para fechar a relação de 23 atletas que vão ao Mundial.

O centroavante Radamel Falcao García, do Mônaco, é uma das principais estrelas da equipe e figura certa na Rússia, enquanto outros três jogadores chamados na  pré-lista com 35 nomes divulgada na semana passada lutam por outras duas vagas no setor ofensivo da Colômbia: Carlos Bacca (Villarreal-ESP), Duván Zapata (Sampdoria-ITA) e Miguel Borja .

Bacca é o mais experiente dos três, com 32 anos de idade, e esteve na Copa do Mundo de 2014, quando a Colômbia foi eliminada nas quartas de final para a seleção brasileira. O atacante teve boa temporada na Espanha, com 18 gols marcados por seu clube, e deve ser confirmado por Pékerman em mais um Mundial.

Já sobre a terceira vaga de ataque pairam mais incertezas. Duván Zapata tem 27 anos de idade e foi titular na seleção da Colômbia em dois jogos das Eliminatórias. Embora não tenha marcado gols em suas participações com a equipe, seu desempenho agradou a Pékerman e à comissão colombiana.

Leia também: Tite conta com relatório de 'espiões' de clubes que analisaram rivais da seleção

O desempenho de Borja no Palmeiras e na seleção colombiana

Borja, por sua vez, vem em franco crescimento e já anotou 15 gols em 23 jogos no ano pelo Palmeiras. Foram quatro gols marcados apenas em suas duas últimas partidas com a equipe paulista, ambos realizados nos últimos sete dias. 

Pela seleção colombiana, o atacante de 25 anos de idade já marcou dois gols – ambos contra a seleção da China em amistoso realizado no ano passado. Em março deste ano, Borja perdeu um pênalti e acertou duas bolas na trave em partida contra a Austrália, mas ainda assim a comissão técnica da seleção ficou satisfeita com a agressividade mostrada pelo atacante.

De acordo com a edição colombiana do jornal El País , Zapata vê a vaga na Copa mais distante pois está sentindo desconfortos musculares. O representante do atleta da Sampdoria afirmou nessa segunda-feira (21) que a ida do atleta para a concentração da seleção em Bogotá ainda não é certa, uma vez que o jogador nem mesmo recebeu da federação colombiana as passagens para viajar ao país. Caso isso não ocorra já na semana que vem, o atacante deve sair de férias, conforme publicou o jornal.

Pékerman já observa de perto no centro de treinamento de Bogotá os atletas Ospina, Arboleda, Camilo Vargas, Cuadrado, Muriel, Izquierdo, Johan Mojica, Carlos Sánchez, Frank Fabra, Murillo, Jefferson Lerma, Mateus Uribe, Abel Aguilar, Quintero e Dávinson Sánchez, além de Miguel Borja e Carlos Bacca. A seleção da Colômbia está no grupo H da Copa e estreia no dia 19 de junho, contra o Japão. Completam o grupo as seleções da Polônia e de Senegal.

    Leia tudo sobre: futebol