Tamanho do texto

Liderada por Messi, seleção albiceleste vai à Rússia com apenas oito atletas que estiveram no vice de 2014; parte do grupo já treina em Buenos Aires

Lanzini e Dybala são observados por Sampaoli durante treinamento da seleção da Argentina
DIVULGAÇÃO/AFA
Lanzini e Dybala são observados por Sampaoli durante treinamento da seleção da Argentina

O técnico da seleção da Argentina , Jorge Sampaoli, anunciou nesta segunda-feira (21) a lista final com os 23 jogadores que estarão na Copa do Mundo da Rússia. O principal destaque da convocação foi a opção por Paulo Dybala, que, apesar de ser um dos maiores destaques na Juventus, passou a ser contestado na seleção albiceleste após reclamar que seria "difícil" jogar ao lado de Messi. Quem perdeu a vaga para o atacante foi Mauro Icardi, que fez boa temporada pela Internazionale de Milão.

Liderada, é claro, por Lionel Messi, a seleção da Argentina vai em busca do tricampeonato mundial na Rússia com apenas oito atletas que estiveram no vice-campeonato na Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Além do astro do Barcelona, terão nova chance em 2018 o goleiro Romero, o zagueiro Mascherano, o lateral Marcos Rojo, os meio-campistas Biglia e Di María, e os atacantes Agüero e Higuaín.

Foram  cortados da pré-lista com 35 nomes divulgada na semana passada o goleiro Guzmán, os defensores Pezzella, Funes Mori e Ansaldi, os meio-campistas Enzo Pérez, Leandro Paredes, Rodrigo Battaglia e Pablo Pérez, e os atacantes Perotti, Lautaro Martínez, Centurión e o já citado Mauro Icardi.

Alguns dos jogadores convocados por Sampaoli já estão concentrados no Centro de Treinamentos de Ezeiza, em Buenos Aires. É o caso de Aguero, Lanzini, Tagliafico, Mascherano e Salvio, que  estão treinando no local desde a semana passada e ganharam a companhia de Romero, Caballero, Pavón, Dybala, Lo Celso e Rojo na manhã desta segunda-feira.

A Argentina está no grupo D da Copa do Mundo e estreia contra a estreante Islândia no dia 16 de junho, em Moscou. Os comandados por Sampaoli encaram ainda na primeira fase a Croácia, no dia 21 de junho, e a Nigéria, no dia 26.

Leia também: Sampaoli deixou de convocar atleta para evitar atrito com líderes da Argentina

Confira abaixo a convocação final de Sampaoli na Argentina

Goleiros : Sergio Romero (Manchester United-ING), Franco Armani (River Plate-ARG) e  Wilfred Caballero (Chelsea-ING).

Defensores : ​Gabriel Mercado (Sevilla-ESP), Federico Fazio (Roma-ITA)A, Nicolás Otamendi (Manchester City-ING), Cristian Ansaldi (Torino-ITA), Nicolás Tagliafico (Ajax-HOL), Marcos Acuña (Sporting-POR) e Marcos Rojo (Manchester United-ING).

Meio-campistas : Éver Banega (Sevilla-ESP), Javier Mascherano (Hebei China Fortune-CHI), Eduardo Salvio (Benfica-POR), Lucas Biglia (Milan-ITA), Angel Di María (PSG-FRA), Lo Celso (PSG-FRA), Manuel Lanzini (West Ham-ING), Maxi Meza (Independiente-ARG) e .

Atacantes : Lionel Messi (Barcelona-ESP), Sergio Agüero (Manchester City-ING), Gonzalo Higuaín (Juventus-ITA), Cristian Pavón (Boca Juniors-ARG) e Paulo Dybala (Juventus-ING).

    Leia tudo sobre: futebol