Tamanho do texto

Ex-jogador é o principal alvo da entidade máxima do futebol francês, que quer tê-lo no comando da seleção nacional

Zinedine Zidane pode estar prestes a assumir o cargo de treinador da seleção da França
Divulgação/HELIOS DE LA RUBIA
Zinedine Zidane pode estar prestes a assumir o cargo de treinador da seleção da França

A Federação Francesa de Futebol (FFF) quer ter Zinedine Zidane como treinador da seleção nacional. De acordo com o jornal El Confidencial , a entidade já contatou o atual técnico do Real Madrid e deve ainda, oficializar a proposta ao fim da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. A expectativa é de que o ex-jogador assuma o comando da equipe da França já em julho.

Leia também: Vai dar zebra? Entenda por que nenhuma das favoritas ganhará a Copa do Mundo

Segundo a publicação, diversos clubes de grande expressão no futebol mundial foram atrás do atual comandante do Real. No entando, o próprio Zidane já afirmou que não se imagina como técnico de outras equipes, mas não descartou a possibilidade de um dia, assumir a seleção francesa .

Leia também: Zidane sobre pênalti polêmico na Champions: "Estou indignado que falem em roubo"

O jornal espanhol As afirmou que a entidade do futebol da França quer ter Zidane como treinador do time nacional imediatamente após o fim da Copa do Mundo, que termina no dia 15 de julho. O atual técnico no cargo, Didier Deschamps, tem contrato até o final da Eurocopa de 2020, mas caso Zinedine aceite a proposta, pode demitir o ex-volante.

Um outro fator que contribui para a chegada de Zidane é o fato de que, segundo a imprensa europeia, apesar de sua carreira vitoriosa no Real Madrid , o ex-jogador estaria cansado de atuar no comando do clube merengue.

Leia também: Neymar no Real Madrid? "Eu não pedi", afirma Zidane

Time do coração

Zinedine Zidane é torcedor do Olympique de Marselha
Divulgação
Zinedine Zidane é torcedor do Olympique de Marselha

Zidane chegou a ser cotado para assumir o cargo de treinador do PSG, mas um fator pode ter sido crucial para que isto não aconteça: ser torcedor do rival Olympique de Marselha. Em uma entrevista à rádio  RMC Sport , o ex-jogador da seleção francesa chegou a comentar sobre a possibilidade de ir ao time da capital. “Atualmente, estou em Madri e estou me sentindo bem. Nunca planejo muito à frente. Não sei o que acontecerá amanhã, e isso não é ruim”, disse o treinador . “PSG? Impossível. Estou em Madri e sou de Marselha. É complicado".

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.