Tamanho do texto

Especialista em gestão e liderança diz que fracassos anteriores da seleção brasileira estão relacionadas a falta de uma liderança competente

Tite é o treinador da seleção brasileira
Pedro Martins / MoWA Press
Tite é o treinador da seleção brasileira

O evento mais importante de futebol está chegando e as previsões de quem tem mais chances de ganhar a Copa do Mundo já começaram. Segundo levantamento feito pela Opta Sports, empresa de dados esportivos, a seleção brasileira de Tite lidera as probabilidades com 14,2%.

Leia também: Quem deve ser o goleiro titular da seleção brasileira na Copa do Mundo?

Com isso, diante do cenário conquistado pelo técnico Tite desde que iniciou sua trajetória na seleção brasileira, em junho de 2016, o time nacional possui 3% a mais de chance de ganhar do que a atual campeã Alemanha, de acordo com o estudo.

Um dos motivos do bom rendimento da equipe é a forma como o técnico vem conduzindo o grupo como um exemplo nítido de boa liderança. Segundo Renato Grinberg, especialista em gestão e liderança, ele é, sem dúvida, o melhor líder esportivo hoje no país.

"Tite conseguiu, claramente, fazer um turnaround (virada de jogo) em uma equipe cheia de problemas que passou a ter a maior probabilidade de vencer o campeonato", afirma o especialista.

Ele ressalta ainda que os fracassos anteriores da seleção com certeza estão ligados a uma liderança mal executada. "Nós tínhamos os melhores jogadores do mundo, mas não conseguimos maximizar a performance, porque faltou uma liderança competente", concluiu Grinberg.

Veja o que tirar de lição de liderança do técnico Tite, segundo Grinberg:

1 - Crie novos líderes

Tite faz sinal de aprovação
Pedro Martins / MoWA Press / Divulgação
Tite faz sinal de aprovação

Não deve existir apenas a liderança do técnico. Outras lideranças dentro de um time são fundamentais, desde o preparador físico até os jogadores. Todos devem ser líderes. Isso é o que se chama de liderança multidimensional, e o técnico do Brasil  sabe fazer muito bem, delegando a liderança para vários jogadores ao invés de concentrar em apenas um.

Leia também: Tite contará com 'dublês' de desfalques no início da preparação para a Copa

2 - Vire o jogo

O atual técnico do Brasil já mostrou que sabe virar o jogo, característica essencial de um bom líder. À frente da equipe do Corinthians, nos anos anteriores, e agora na seleção, Tite mostrou que pode criar um time vencedor.

3 - Tenha visão clara dos objetivos

Tite tem objetivos claros de onde quer chegar. Para isso, utiliza toda a sua experiência e conhecimentos para estabelecer metas e trabalhar no caminho que levará ao objetivo final. 

4 - Exerça a confiança na sua equipe

Um bom líder sabe passar confiança para a sua equipe, desafiando todos a superarem seus limites e criando um ambiente de confiança que permita que as pessoas possam também errar, mas que ainda assim consigam chegar no objetivo final. Além disso, Tite sabe lidar com a autoconfiança demasiada de alguns jogadores, ajudando o time a elevar a autoconfiança, mas jamais perdendo a humildade e os pés no chão.

Leia também: Estudo aponta Alemanha como favorita para vencer Copa do Mundo

5 - Quebre a pressão psicológica sem acabar com as cobranças

Tite já demonstrou que sabe mostrar que a vitória e a derrota fazem parte do jogo e são importantes para atingir o resultado final. Seu trabalho ainda vai além. Como um bom líder, sabe passar isso para o time em todos momentos, mostrando que o importante é a preparação da equipe e que cada um dê o melhor de si para alcançarem um mesmo objetivo no final: a vitória, seja ela dentro ou fora do campo de futebol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.