Tamanho do texto

Campeão do mundo com a seleção italiana em 2006, Marcello Lippi apostou suas fichas nas duas seleções sul-americanas para o Mundial de 2018

Lionel Messi é o grande nome da seleção argentina; do outro lado, Neymar é a estrela da seleção brasileira
Reprodução
Lionel Messi é o grande nome da seleção argentina; do outro lado, Neymar é a estrela da seleção brasileira

O ex-treinador da Itália, Marcello Lippi, deu seu pitaco sobre o campeão da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Segundo o atual técnico da seleção da China, o Brasil e a Argentina são as suas apostas para a conquista do evento.

Leia também: Confira as 10 maiores goleadas da história das Copas. O 7 x 1 não está na lista

"Desta vez - não seria a primeira, mas é algo raro -, estou convencido de que vencerá uma seleção sul-americana: mais o Brasil que a Argentina, porém uma das duas. Vejamos se acerto também desta vez", disse Lippi, durante o lançamento de um projeto social na China. O treinador foi campeão com a Azzurra na Copa de 2006.

No ano de 2014, Lippi chegou a prever de que a Alemanha seria a primeira seleção europeia a vencer uma Copa na América do Sul, o que, de fato, acabou acontecendo. Até hoje, o único país sul-americano campeão mundial na Europa é justamente o Brasil, em 1958, na Suécia.

Leia também: Federação sueca confirma que Ibrahimovic não disputará Copa do Mundo de 2018

Confira abaixo todos os grupos da Copa 2018

Taça da Copa do Mundo na Praça Vermelha em Moscou, capital do país sede de 2018, a Rússia
Reprodução
Taça da Copa do Mundo na Praça Vermelha em Moscou, capital do país sede de 2018, a Rússia

Grupo A

Rússia, Arábia Saudita, Egito e Uruguai

Grupo B

Portugal, Espanha, Marrocos e Irã

Grupo C

França, Austrália, Peru e Dinamarca

Grupo D

Argentina, Islândia, Croácia e Nigéria

Grupo E

Brasil, Suíça, Costa Rica e Sérvia

Grupo F

Alemanha, México, Suécia e Coreia do Sul

Grupo G

Bélgica, Panamá, Tunísia e Inglaterra

Grupo H

Polônia, Senegal, Colômbia e Japão

Leia também: Gol de mão, pênaltis... os maiores erros de arbitragem das Copas do Mundo

Ao todo, serão 32 seleções na disputa pela taça da Copa do Mundo de 2018, que será entregue ao campeão no dia 15 de julho. Os cabeças de chave foram Rússia - país sede -, Alemanha, Brasil, Portugal, Argentina , Bélgica, Polônia e França. Esta ordem foi definida pelo ranking de novembro da entidade máxima do futebol . Vale ressaltar que a posição da Rússia já estava definida antes do sorteio do evento. Por ser a anfitriã, a seleção russa ficou na posição A1, isto é, no Grupo A. Na sequência, foram definidos os grupos dos outros sete cabeças de chave, de B1 a H1. Logo depois disso, os mestres de cerimônia sortearam todas as outras equipes que viram dos potes dois, três e quatro.

    Leia tudo sobre: futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.