Tamanho do texto

iG Esporte conversou com Rafael Toloi e Marcelo, defensores que estão bem há algumas temporadas e que nunca foram lembrados por Tite na seleção

Falta uma vaga de zagueiro na seleção de Tite para Copa
Mowa Press
Falta uma vaga de zagueiro na seleção de Tite para Copa

A Copa do Mundo está chegando e, neste mês de maio, mais precisamente no dia 14, o técnico Tite vai divulgar a relação dos 23 jogadores da seleção brasileira convocados para a competição na Rússia.

Leia também: Federação sueca confirma que Ibrahimovic não disputará Copa do Mundo

O comandante já adiantou alguns jogadores que estarão na lista da Copa e uma das posições que ainda tem vaga em aberto é a de zagueiro. Com Thiago Silva, Marquinhos e Miranda garantidos, fica a pergunta: qual será o quarto nome da defesa?

De todos os possíveis nomes, Rodrigo Caio, do São Paulo, e Pedro Geromel, do Grêmio, são os mais cotados, já que estiveram em convocações recentes do treinador. 

Outros defensores que vivem grande fase no futebol do exterior correm por fora, apesar das mínimas chances de serem chamados para o Mundial. E o iG Esporte conversou com dois desses zagueiros que estão se destacando na Europa.

Rafael Toloi, da Atalanta

Zagueiro Rafael Toloi é um dos destaques da Atalanta
Atalanta / Divulgacao
Zagueiro Rafael Toloi é um dos destaques da Atalanta

Com boa passagem por Goiás e São Paulo, Rafael Toloi está com 27 anos de idade e se diz amadurecido. Já são duas excelentes temporadas com a camisa da Atalanta.

"Essa temporada vem sendo muito boa, assim como foi a passada. Nós batemos todos os recordes da Atalanta em sua história, maior número de pontos no Italiano, maior número de pontos, menos gols sofridos, o clube nunca tinha ficado em quarto lugar. Foi especial, estou num momento muito bacana", comentou o defensor em entrevista exclusiva.

Leia também: Confira as 10 maiores goleadas da história das Copas. O 7 x 1 não está na lista

"A atual temporada também vem sendo muito boa. O Campeonato Italiano está mais difícil, as equipes se reforçaram mais e nós estamos bem, na zona de classificação para Europa League. Eu venho jogando sempre e jogando bem, ajudo o time e esse é meu objetivo. Está acabando a temporada e queremos terminar a competição com vaga na fase de grupos da Liga Europa, jogando bem", avisou.

Mas e a seleção? Sem ter chance com Tite, Toloi sabe que dificilmente estará na Copa do Mundo de 2018, mas avalia que teria condições de ajudar a seleção brasileira.

"Eu acredito que estou no mesmo nível desses jogadores, como Geromel, Rodrigo Caio. Sei também como são as coisas. Não estive em nenhuma convocação e também entendo que a seleção joga com uma linha de quatro. Aqui na Atalanta jogamos com três zagueiros, eu mais aberto pela direita, e isso faz diferença, sei como é difícil. Claro que existe um sonho de atuar pelo Brasil, mas tenho que continuar fazendo o melhor pela minha equipe e, se um dia tiver a
oportunidade, será um sonho realizado", finalizou.

Marcelo, do Lyon

Marcelo comanda a defesa do Lyon na França
Reprodução
Marcelo comanda a defesa do Lyon na França

Na França, o grande bicho papão é o PSG, até por conta da conta bancária recheada do seu presidente. Mas um dos destaques por lá é o Lyon, que está perto de garantir o vice-campeonato e tem como zagueiro titular o brasileiro Marcelo , revelado nas categorias de base do Santos.

A boa performance no Lyon é uma continuidade do que fez no Besiktas, onde saiu como ídolo. "Tenho muita gratidão por esses anos que estou vivendo na Europa, essas boas temporadas com boas performances, estabilidade durante os campeonatos. Isso é resultado de um trabalho forte na semana, coisas que torcedores não veem. Toda essa boa fase também é resultado de estar bem com a família, bem consigo mesmo, não tem como as coisas não irem bem", comentou Marcelo.

Leia também: No Brasil, figurinhas do álbum da Copa são as mais baratas do mundo

"Esperança de ir para seleção a gente sempre tem, isso que me mantém trabalhando forte nesses anos todos e acreditando que sempre tenha alguém olhando, seja o treinador da seleção ou outras pessoas da comissão técnica. Se eu fizer um bom trabalho aqui, essas oportunidades podem aparecer. Até agora não fui chamado, mas ainda existem vagas em aberto na equipe. Enquanto eles não derem a última lista, sempre vou ter esperança", finalizou o zagueiro.

Outros nomes

Além de Rafael Toloi e Marcelo, existem outros candidatos para quarta vaga de zagueiro na seleção. Gil (Shandong Luneng), Jemerson (Monaco) e Naldo (Schalke) fazem boa temporada e estão na espera. Mas sabemos, claro, que as chances de Rodrigo Caio ou Geromel não serem convocados para Copa são mínimas.

    Leia tudo sobre: Futebol