Tamanho do texto

Marcelinho Carioca, Neto e Petkovic são alguns dos destaques que nunca tiveram a oportunidade de jogar o principal campeonato do mundo

Alguns jogadores chamam uma atenção especial pelo talento e ganham diversos fãs por onde passam. Eles se destacam na posição que ocupam e acabam com o título de craques , sendo lembrados e comentados até após a aposentadoria. Pela ordem natural, tudo isso os lavaria à jogar a Copa do Mundo, mas, em alguns casos, essa glória não chega. 

Leia mais: Veja lista de craques que devem disputar sua última Copa do Mundo na Rússia

Marcelinho Carioca, Neto,  Alex, Djalminha, George Best, Litmanen, Petkovic e Alfredo Di Stéfano são alguns dos craques que tinham todos os requesitos para competirem uma Copa do Mundo e acabaram ficando de fora por algum motivo. Relembre outros nomes e saiba porque eles não fizeram parte da lista de convocação de suas seleções. 

Marcelinho Carioca

Marcelinho Carioca é um dos craques que nunca foram à Copa do Mundo
Getty Images
Marcelinho Carioca é um dos craques que nunca foram à Copa do Mundo

O dono do "pé-de-anjo" que nunca pisou numa Copa. Marcelinho fez história no Corinthians, ganhando o primeiro Mundial de Clubes em 2000, e é visto como ídolo até hoje. Mesmo com todo o histórico e cobranças de falta incríveis, nunca foi chamado para jogar um Mundial. 

Neto

O fato de Neto ficar de fora da Copa do Mundo foi uma surpresa para todos
Gazeta Press
O fato de Neto ficar de fora da Copa do Mundo foi uma surpresa para todos

O craque Neto, como é conhecido por muitos, fez história no Corinthians. O jogador levou o timão à sua primeira conquista do Brasileirão, em 1990. Era conhecido pela habilidade nas bolas longas e na hora de bater falta. 

A convocação para a Copa de 1990 era dada como certa, mas o técnico Lazaroni surpreendeu e o tirou do time. Neto costumava fazer comentários polêmicos e mantinha desentendimentos com alguns jogadores e dirigentes, isso explicou o corte. 

Alex

Alex ajudou muito todos os times que passou
Gazeta Press
Alex ajudou muito todos os times que passou

Podemos dizer que Alex teve duas grandes decepções em sua carreira. O craque que mostrou todo seu talento no Curitiba, Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahçe, da Turquia, não foi convocado para jogar nenhuma Copa do Mundo. Mesmo estando em ótima fase tanto na competição de 2002 e 2006, não foi opção de Felipão e Parreira. 

Djalminha

Djalminha teria participado da Copa do Mundo se não fosse o mau comportamento
Reprodução Instagram
Djalminha teria participado da Copa do Mundo se não fosse o mau comportamento

Mesmo quem não viu o meia-esqueda jogar, já ouviu falar sobre ele. Djalminha era conhecido pela precisão no passe, beleza nos dribles e ótimo domínio. Jogou muito bem em times como Flamengo, Palmeiras e Deportivo da Corunha, da Espanha. 

Foi uma atitude no time espanhol que o deixou fora da Copa de 2002. Durante um treino, Djalma se desentendeu com o técnico do time, Javier Irureta, e acabou dando uma cabeçada nele. Diante do comportamento, Felipão o cortou do time que conquistou o pentacampeonato. 

Leia também: Cortados! Eles ficaram de fora após estarem na lista de convocação da seleção

Antonio Carlos Zago

Antonio Carlos Zago jogou algumas vezes pela seleção brasileira
Divulgação
Antonio Carlos Zago jogou algumas vezes pela seleção brasileira

O zagueiro que jogou em times grandes como Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos, teve o auge da carreira no Roma (Itália). Jogou pela seleção brasileira 37 vezes, entre os anos de 91 e 2001, mas nunca foi chamado para a seleção que disputou a Mundial. 

Flavio Conceição

Flávio Conceição fez parte de toda a preparação, mas não foi à Copa de 1998 por causa de uma torção no joelho direito
Getty Images
Flávio Conceição fez parte de toda a preparação, mas não foi à Copa de 1998 por causa de uma torção no joelho direito

O meio-campista tinha ótimas qualidades: passe preciso, boa marcação, chute forte. Se destacou no Palmeiras, time que jogou por quatro anos e ganhou alguns títulos. Também defendeu Real Madrid e Borussia Dortmund. 

Chegou a ser convocado para jogar a Copa de 1998, seria reserva de Dunga e Cafu. Mas se lesionou pouco antes da competição e ficou de fora. 

George Best (Irlanda do Norte)

George Best tem até uma estátua em sua homenagem
Reprodução
George Best tem até uma estátua em sua homenagem

O ponta-direita acabou ganhando uma estátua em sua homenagem na frente do estádio Old Trafford. Na construção, Best, que é considerado um dos melhores jogadores da história do Manchester United, está ao lado da dupla que esteve ao seu lado em campo: Law e Charlton. 

Mesmo considerado um ídolo em seu país natal, Irlanda do Norte, nunca jogou uma Copa porque a seleção não conquistou vaga na competiação durante o tempo que atuava. 

Ryan Giggs (País de Gales)

Ryan Giggs fez história no Manchester United
Divulgação
Ryan Giggs fez história no Manchester United

O caso de Giggs é o mesmo de Best. O meia fez história no Manchester United, mas não teve a oportunidade de jogar um mundial porque a País de Gales não se classificou para a competição na época que jogava. Aliás, a seleção galesa não vai à Copa desde 1958. 

O mesmo pode acontecer com Gareth Bale, atual jogador do Real Madrid. 

Cantona (França)

Eric Cantona não foi à Copa por causa de uma suspensão
Divulgação
Eric Cantona não foi à Copa por causa de uma suspensão

O francês é mais um que ficou conhecido por sua atuação no Manchester United. Sabia fazer gol e tinha uma ótima média, o que fazia com que fosse capitão da seleção da França. Tinha tudo para disputar a Copa de 98. Mas, um ato descontrolado em 95 fez com que sua carreira praticamente chegasse ao fim. 

Cantona agrediu um torcedor e acabou sendo suspenso de jogar por 9 meses. O tempo parado o tirou da seleção e sua vaga foi ocupada por Zinedine Zindane. Encerrou a carreira precocemente no ano de 1997, aos 30 anos de idade. 

George Weah (Libéria)

George Weah recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo em 1995
Reprodução
George Weah recebeu o prêmio de melhor jogador do mundo em 1995

O único africano a receber a Bola de Ouro, Weah ganhou o prêmio dedicado ao melhor jogador do mundo em 1995. Nunca foi à Copa porque a Libéria não se classificava e ele recusou se naturalizar francês. 

Ídolo do país, o ex-jogador já foi treinador da seleção da Libéria e atualmente é presidente do país. 

Litmanen (Finlândia)

 Litmanen não foi à Copa do Mundo porque sua seleção nunca se classificou
Divulgação
Litmanen não foi à Copa do Mundo porque sua seleção nunca se classificou

O finlandês jogou por 4 décadas diferentes, se aposentando com mais de 40 anos. Litmanen jogou em times como Ajax, Barcelona e Liverpool, se destacando em todos eles. O único impecílio que deixou o atacante fora do mundial foi seu país natal, a Finlândia que nunca se classificou para a competição. 

Leia também: Ainda há tempo, Tite? Relembre surpresas das listas de convocados das Copas

Petkovic (Sérvia)

Petkovic fez muito sucesso em times brasileiros
Site oficial
Petkovic fez muito sucesso em times brasileiros

Pet, como é carinhosamente chamado, ficou muito conhecido pelos brasileiros por atuação em diversas equipes como Vitória, Vasco, Fluminense, Atlético Mineiro e Flamengo, onde teve maior sucesso e se tornou ídolo da torcida rubro-negra. 

O meia e atacante era ambidestro e tinha uma habilidade impressionante para as jogadas de bola parada. Poderia ter jogado as Copas de 2006 e 2010, mas era pouco chamado para a seleção da Sérvia devido a desentendimentos com dirigentes. 

Alfredo Di Stéfano (Argentina)

Alfredo Di Stéfano ganhou a Champions League 5 vezes
AP/Arquivo
Alfredo Di Stéfano ganhou a Champions League 5 vezes

O currículo de Alfredo Di Stéfano é extenso: 5 vezes campeão da Copa do Capeões da Europa, considerado um dos melhores jogadores da história do Real Madrid e jogos defendendo as seleções da Argentina, Colombia e Espanha. 

Sua primeira oportunidade de jogar uma Copa do Mundo não se concretizou pelo cancelamento do evento devido a Segunda Guerra Mundial. Acabou se naturalizando espanhol para jogar a Copa de 1962 pela La Fúria, mas se lesionou e não participou de nenhuma partida. Se aposentou sem nenhuma participação em Mundial. 

    Leia tudo sobre: Futebol

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.