Tamanho do texto

Aleksander Ceferin ainda não confia na tecnologia de árbitro de vídeo e adiantou que não usará na Liga dos Campeões da próxima temporada

A tecnologia do VAT será usada na Copa do Mundo deste ano, na Rússia
Reprodução
A tecnologia do VAT será usada na Copa do Mundo deste ano, na Rússia

O esloveno Aleksander Ceferin, atual presidente da Uefa, entidade que comanda o futebol na Europa, expressou muita preocupação com a decisão da Fifa em usar o VAR (sistema de árbitro de vídeo) na Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Leia também: "Copa do Mundo sem mim não seria uma Copa do Mundo", garante Ibrahimovic

Segundo o dirigente, a tecnologia do VAR ainda precisa ser mais testada antes de ser cogitada para uso em competições maiores, como a Liga dos Campeões a própria Copa.

A Fifa decidiu em março usar o árbitro de vídeo no Mundial de junho a julho, apenas duas semanas após o uso ter sido aprovado pela Ifab, organização responsável pela mudança de regras no esporte.

Leia também: Cortados! Eles ficaram de fora após estarem na lista de convocação da seleção

"Tenho algum medo com a Copa do Mundo, onde teremos árbitros que nunca apitaram com o VAR", disse Ceferin ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport". Para ele, existe a possibilidade de "escândalos e problemas" com o recurso. "Espero que não ocorra isso", finalizou.

Ceferin reiterou que o VAR não será usado na Liga dos Campeões na próxima temporada.

VAR na Copa

Árbitro Gianluca Rocchi revê lance durante partida do Campeonato Italiano
Reprodução
Árbitro Gianluca Rocchi revê lance durante partida do Campeonato Italiano

Em reunião realizada na cidade de Bogotá, na Colômbia, no último mês de março, o conselho da Fifa aprovou o uso do árbitro de vídeo nas partidas da da Copa do Mundo. A decisão foi declarada pelo presidente da entidade, Gianni Infantino, em entrevista coletiva. A tecnologia já havia sido provado pela International Board, no dia 3 de março, como uma regra do esporte. 

O árbitro de vídeo começou a ser testado pela Fifa em setembro de 2016. O primeiro torneio a utilizar o VAR foi o Mundial de Clubes, no Japão, em dezembro do mesmo ano. O principal parâmetro para o uso da tecnologia foi a Copa das Confederações, em 2017.

Leia também: Ainda há tempo, Tite? Relembre surpresas das listas de convocados das Copas

Grandes campeonatos do continente europeu já fazem uso do VAR . Itália, Alemanha, Portugal, Holanda e Bélgica já aderiram ao vídeo e Espanha e França ja confirmaram que vão utilizar na próxima temporada. A única grande liga que não pretende contar com o auxílio é a Inglaterra.

    Leia tudo sobre: Futebol