Tamanho do texto

Apesar de tensões políticas com a Rússia, seleção inglesa busca medidas preventivas para poder participar do Mundial de 2018 com tranquilidade

Zelenogorsk será a casa da seleção da Inglaterra durante o Mundial russo
Reprodução/ The Sun
Zelenogorsk será a casa da seleção da Inglaterra durante o Mundial russo

A tensão política entre a Inglaterra e a Rússia tem tido suas consequências também no esporte. Ficar de fora do maior evento mundial do futebol não está dentro dos planos da seleção inglesa, no entanto, tomar medidas preventivas é o que está sendo feito pela entidade responsável. A mais recente ação foi pedir a contrução de um muro de seis metros de altura no centro de treinamento da equipe.

Leia também: Confira as principais informações da Inglaterra, que tentará o segundo título mundial após 52 anos

De acordo com o jornal The Sun , a seleção da Inglaterra terá como base Zelenogorsk, localizado ao norte de São Petersburgo. Apesar de se tratar de um lugar silencioso, a Associação de Futebol Inglesa ainda quer garantir a privacidade por meio da construção de um muro de seis metros de altura, que impeça a visão de quem está do lado de fora. O principal motivo do feito seria evitar que espiões tentassem ter acesso às táticas e seleções das equipes para as partidas da Copa de 2018.

Leia também: Terrorismo, hooligans e neonazistas são as preocupações para a Copa de 2018

"A Inglaterra precisa da cerca de seis metros para proteger o local de olhares indiscretos. Isso não está incluído na lista de requisitos obrigatórios da Fifa , mas estamos considerando a possibilidade de atender a sua solicitação", afirmou Sergei Klimov, funcionário que trabalha no projeto.

Gareth Southgate, o treinador da seleção inglesa , explicou a escolha do centro de treinamento por conta da qualidade das instalações, tal como as condições climáticas para seus jogadores. Vale lembrar que o aeroporto mais próximo de Zelenogorsk está localizado a cerca de 1h da base da equipe.

Leia também: Convocação de Ismaily para amistosos da seleção gera alvoroço na internet

Sem internet

Walker e Dele Alli, jogadores da Inglaterra
FA / REPRODUÇÃO
Walker e Dele Alli, jogadores da Inglaterra

Os jogadores e comissão técnica da seleção inglesa de futebol já foram avisados: eles não deverão utilizar qualquer rede Wi-Fi de locais públicos e nem dos hotéis nos quais ficarem hospedados na Copa do Mundo da Rússia em 2018. O motivo? Medo de hackers.

A Football Association, entidade responsável pelo esporte na Inglaterra, foi quem deu o alarme para a seleção nacional do país. A apreensão é de que importantes informações vazem durante o maior evento de futebol do mundo. Ou seja, conversas sobre escalações, lesões e esquemas táticos fossem expostos.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.