Tamanho do texto

Brasileiros só estão atrás dos próprios anfitriões russos e dos colombianos

Faltando menos de 100 dias para o início da Copa do Mundo da Rússia, a Fifa anunciou que já vendeu mais de 1,3 milhão de ingressos para as 64 partidas do torneio, que começa no próximo dia 14 de junho.

Leia também: Com Willian José e Talisca, Tite convoca seleção para pegar Alemanha e Rússia

Brasil é o terceiro país que mais compra ingressos para Copa do Mundo de 2018
Divulgação/Fifa.com
Brasil é o terceiro país que mais compra ingressos para Copa do Mundo de 2018

Segundo a entidade, foram comercializadas 1.303.616 ingressos , sendo 197.832 para russos (o equivalente a 15%), 33.048 para colombianos (2,5%) e 24.656 para brasileiros (1,9%), que aparecem em terceiro. Em seguida estão peruanos (21.946), alemães (21.639) e norte-americanos (20.347).

"A pouco mais de três meses da partida inaugural da Copa do Mundo, continuamos muito contentes com o resultado da venda de ingressos", declarou a secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura. A terceira fase da venda de bilhetes começa nesta terça-feira, 13 de março, e vai até 3 de abril.

Leia também: Terrorismo, hooligans e neonazistas são as preocupações para a Copa de 2018

Na primeira fase, que se começou em setembro do ano passado, foram reservados 735.168 mil bilhetes pelos torcedores. Na segunda fase, 568.448 ingressos foram adquiridos no período entre o começo de dezembro de 2017 e o fim de janeiro deste ano.

Segundo a Fifa , todos os bilhetes comprados nas duas primeiras fases serão entregues gratuitamente entre os meses de abril ou maio. A terceira e última fase é chamada pela Fifa de "vendas de última hora" e acontecerá de 18 de abril a 15 de julho, dia da final da Copa do Mundo.

Preços

Existem quatro categorias de preço para as entradas da Copa 2018 , mas apenas três são acessíveis para quem não mora na Rússia. A categoria 1 é a mais cara, com preços que variam de 210 dólares (R$ 682) a 1100 dólates (R$ 3.580); a categoria 2 tem ingressos custando de 165 dólares (R$ 538) a 710 dólares (R$ 2.315); e a categoria 3 tem preços variando de 105 dólares (R$ 342) a 455 dólares (R$ 1451). 

Leia também: Ibrahimovic fala em voltar à seleção sueca na Copa: "A porta não está fechada"

Além disso, todos os torcedores que adquirirem ingressos para as partidas da Copa do Mundo também terão que solicitar o Fan ID, que é uma espécie de passaporte de identificação dos torcedores, desenvolvido pelo COL (Comitê Organizador Local) e já usado durante a Copa das Confederações. O documento também serve como visto de entrada na Rússia durante a Copa e possibilita aos torcedores o uso de transporte público gratuitamente entre algumas das sedes.

    Leia tudo sobre: Futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.