Tamanho do texto

Torcedores da seleção alemã vão poder comemorar durante as partidas do Mundial da Rússia sem se preocupar em infringir as leis noturnas do país

Seleção da Alemanha é a atual campeã da Copa do Mundo
Reprodução
Seleção da Alemanha é a atual campeã da Copa do Mundo

O governo da Alemanha afirmou que irá suspender a lei que regula a ordem pública noturna durante o período de realização da Copa do Mundo de 2018. A lei do país proíbe eventos públicos barulhentos depois das 22h em bares ou nos famosos "biergarten", os bares ao ar livre nos quais as pessoas se reunem para beber cerveja. Assim, os alemães poderão apoiar a seleção durante o evento na Rússia.

Leia também: Ronaldo Fenômeno afirma que é preciso de sorte para ganhar a Copa do Mundo

A medida de suspensão da lei já é feita desde o ano de 2006, tanto para torneios mundiais quanto europeus de futebol. Desde então, os cidadãos da Alemanha podem assistir às partidas de torneios de futebol em locais públicos e bares e comemorar gols e vitórias sem preocupações quanto ao barulho.

Barbara Hendricks, a ministra do Meio Ambiente, justificou a decisão por conta de se tratar de um evento de "grande interesse público", além de oferecer noites da seleção alemã durante o Mundial de 2018 aos torcedores que não vão poder ir até a Rússia.

Leia também: 20% da população da Islândia solicita ingressos para Copa do Mundo de 2018

Alemanha na Copa

A Alemanha faz aprte do Grupo F da Copa do Mundo de 2018 ao lado de México, Suécia e Coreia do Sul. Conforme informou a Federação Alemã de Futebol, os atuais detentores do título irão receber uma bonificação caso conquistem o pentacampeonato. Segundo a entidade, cada jogador da equipe de Joachim Low pode desembolsar ainda mais 350 mil euros, valor equivalente a R$ 1,3 milhão.

Quando venceram a Copa no Brasil, em 2014, cada atleta da seleção recebeu 300 mil euros. Desta vez, o time da Alemanha só vai receber algum bônus caso avance às quartas de final. Antes disso, nada feito. Mas caso passem pelas oitavas, cada jogador irá tirar 75 mil euros (R$ 290 mil). Se forem às semis, 125 mil euros (R$ 484 mil) e se chegarem à grande final e forem derrotados, receberão 200 mil euros cada um deles. Ou seja, ainda voltarão para casa com R$ 775 mil.

Leia também: Clubes vão receber R$ 27 mil por dia da Fifa para cada jogador convocado à Copa

"A oportunidade da equipe nacional de fazer história e defender o título da Copa do Mundo é uma grande motivação para os jogadores. Isso entraria na história e valeria um bônus especial. Mas é importante deixar claro que é o desafio esportivo e não o prêmio financeiro o que mais importa para os atletas", disse o presidente da Federação Alemã de Futebol , Reinhard Grindel.

    Leia tudo sobre: futebol