Tamanho do texto

País-sede do Mundial de 2018 sofreu duro golpe do COI ao ser banido dos Jogos Olímpicos de Inverno, que acontecerão na Coreia do Sul, em fevereiro

Após a Rússia ser  banida dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), o vice-premier do país, Arkady Dvorkovich , afirmou que a exclusão não afetará os trabalhos da Copa do Mundo, que acontecerá no país no ano que vem.

Leia também: Guerrero leva suspensão de um ano por doping e está fora da Copa do Mundo

Arkadi Dvorkovich, vice-premier da Rússia, afirmou que o escândalo de doping não afetará os trabalhos da Copa
Divulgação
Arkadi Dvorkovich, vice-premier da Rússia, afirmou que o escândalo de doping não afetará os trabalhos da Copa

Leia também: Neymar aliviado por não ter que enfrentar a Nigéria na fase de grupos da Copa

Além da punição contra os atletas, também o "homem-forte" do Mundial de 2018, Vitaly Mutko, foi  proibido de assistir qualquer edição dos Jogos Olímpicos pelo resto de sua vida. No entanto, Dvorkovich negou que o escândalo tenha qualquer interferência na Copa do Mundo, que será realizada na Rússia entre os dias 14 de junho e 15 de julho.

"Na minha opinião, a situação não mudou. Foi tomada uma decisão que diz respeito especificamente aos Jogos Olímpicos, mas não está vinculada à Copa do Mundo", comentou Dvorkovich.

A Rússia foi banida pelo COI acusada de patrocinar uma rede de fornecimento de substâncias ilícitas para atletas e de fraudes em exames. O comitê dos Jogos de Inverno garante, no entanto, atletas que comprovarem que estão "limpos" poderão participar da competição, mas sob a bandeira olímpica - se ganharem medalha de ouro, por exemplo, não ouvirão o hino russo. Além disso, terão de se submeter a uma banca de avaliação formada por quatro membros.

Leia também: "A Itália merecia estar na Copa do Mundo de 2018", lamenta Cristiano Ronaldo

O Mundial

A seleção da Rússia irá realizar o jogo de abertura da Copa do Mundo no dia 14 de junho, em Moscou, diante da Arábia Saudita. Por ser país sede, está no Grupo A, ao lado de Egito e Uruguai, além da Arábia. O Brasil está no Grupo E com Suíça, Costa Rica e Sérvia e irá estrear no dia 17 de junho, contra os suíços, em Rostov.

Clique e baixe o 365Scores para ter resultados, dados, notícias, tempo real, vídeos e muito mais