Tamanho do texto

Mesmo sem poder contar com Diego Cavalieri, Ronaldinho e Fred, time carioca confia em manter a pequena vantagem criada pela suada vitória da semana passada, no Maracanã


Enderson oriente jogadores durante treino no Mangueirão
Nelson Perez/FluminenseF.C.
Enderson oriente jogadores durante treino no Mangueirão

O técnico Enderson Moreira não é do tipo que lamenta desfalques. Sem Diego Cavalieri, Ronaldinho e Fred no decisivo confronto com o Paysandu, nesta quarta-feira, às 19h30, no Mangueirão, ele crê na vantagem criada pela suada vitória (2 a 1) no Maracanã. E aposta na entrega do Fluminense em busca, ao menos, do empate para avançar às quartas de final da Copa do Brasil.

Leia mais: Botafogo trabalha para vencer concorrência e renovar com Willian Arão

Além dos astros, a equipe tem mais sete baixas. Pelo Brasileiro, o desempenho fora do Rio não é dos mais animadores: três vitórias, um empate e seis derrotas. Se depender de Lucas Gomes, esse retrospecto mudará a partir desta quarta. Natural de Bragança, no Pará, e torcedor do Remo na infância, o atacante comemora a oportunidade de jogar em "casa". Ele será uma das novidades da desfalcada equipe.

“É sempre bom jogar em casa. A gente consegue rever a família, e isso é importante. Já fiz alguns jogos contra o Paysandu. É difícil, mas temos plenas condições de vencer. Joguei no Mangueirão apenas contra o Paysandu, que mais uma vez será o adversário. Foi pela Tuna Luso. Saímos vitoriosos e espero que pelo Fluminense seja assim também”, disse Lucas Gomes ao "Globoesporte.com".

Enderson Moreira ainda não sabe quando poderá escalar a força máxima do Fluminense novamente. O técnico acompanha a distância a recuperação dos jogadores que permaneceram no Rio. Ronaldinho deve ser a principal novidade contra o Atlético-MG, domingo, no Maracanã, pelo Brasileiro.

Leia mais: Flamengo e Vasco disputam classificação na Copa do Brasil em clima tenso

Preservado nas duas últimas partidas, o apoiador tem respondido bem ao trabalho de recondicionamento físico. Em recuperação de uma lombalgia, o goleiro Diego Cavalieri terá uma semana decisiva para confirmar a volta ao time contra os mineiros.

Fred, vítima de uma lesão muscular, é carta fora do baralho, Wellington Silva segue no mesmo caminho. Osvaldo, que se recupera de lesão na coxa esquerda, tem chance de ser relacionado, assim como Gerson.