Tamanho do texto

iG teve acesso a detalhes do contrato e também apurou que o Santos pede a antecipação do pagamento de Alex Sandro

A polêmica envolvendo a venda do lateral-direito Danilo , do Santos , para o Porto , de Portugal, ganha novos episódios a cada dia. O iG teve acesso a detalhes do contrato de transferência do lateral ao clube português. Um dos parágrafos mostra que o Santos era obrigado a formalizar a transferência do atleta no dia 31 de dezembro de 2011, viabilizando o CIT (Certificado Internacional de Transferência).

Com isso, o jogador poderia se transferir para o Porto e ser emprestado ao Santos até o fim de junho deste ano, fato que só poderá ser concretizado caso os portugueses registrem Danilo . O presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro pressiona o clube português com uma cláusula que indica o empréstimo do atleta ao time da Vila Belmiro. Mas para ficar com o atleta até o meio do ano, os santistas precisam chegar a um acordo salarial com o lateral.

Veja também: Em crise com diretoria santista, Danilo solta desabafo enigmático

O iG também apurou a nova sugestão da diretoria santista para liberar a transferência de Danilo. O Santos pediu para o clube português antecipar a última parcela do pagamento do lateral-esquerdo Alex Sandro , que deixou o Santos para jogar no Porto em 2011.

Os portugueses consideraram a proposta desrespeitosa e desleal, pois a última parcela de Alex Sandro vence apenas na metade deste ano. Além disso, o Porto não deve nada ao Santos, pois pagou 13 milhões de euros (R$ 29,8 milhões) à vista por Danilo.

Leia ainda: Santos ‘enxuga’ elenco e rescinde contratos de Possebon e Mancha

Além de pedir a antecipação da última parcela de Alex Sandro, o iG também revelou com exclusividade na última quarta-feira, que Santos pediu o empréstimo sem custos do lateral-direito uruguaio , Fucile, reserva na equipe portuguesa.

Leia mais: Santos estreia na Vila em 2012 no clássico contra o Corinthians

O empresário de Fucile, Pablo Tomaduz, ficou interessado na transferência do uruguaio para o Santos. “Não acredito que essa questão do Danilo vá complicar uma negociação pelo Fucile. Os clubes já fizeram vários negócios e essa é uma mera questão burocrática”, disse ao site “Maisfutebol”, de Portugal.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.