Tamanho do texto

Após fracasso nas negociações com o Santos, diretoria procura outra equipe para o lateral-esquerdo, descartado dos planos de Leão

Por conta das exigências de seu empresário, Eduardo Uram, Juan não acertou o empréstimo com o Santos . A atitude revoltou a diretoria do São Paulo , que havia liberado o lateral esquerdo de graça e que agora procura uma equipe para o jogador - descartado dos planos de Emerson Leão.

Veja também: São Paulo inicia 2012 com goleada sobre o Botafogo-SP

"O Juan nos deixou constrangidos porque tínhamos acertado tudo com o Santos. Pedimos desculpas publicamente ao presidente do Santos, que teve muita elegância e manteve conosco uma conversa de alto nível", falou o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, usando as câmeras para se direcionar a Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro.

Confira a classificação do Paulistão 2012

O próprio mandatário do Santos enfatizou o que considerou um erro de Juan, avisando que ele preferiu ficar no "ostracismo do Bruno Cortês ". Jesus Lopes concordou. "Os nossos jogadores para a posição são o Cortês e o Henrique Miranda. E é bom lembrar que não somos nós que escalamos o time."

Leia ainda: Rogério Ceni completa 39 anos sem saber quando volta a jogar

Emerson Leão já havia demonstrado no fim do ano passado que não conta com Juan, que nem tem camisa na numeração divulgada pelo São Paulo para esta temporada. Como ele tem contrato até 31 de dezembro de 2013, o clube o coloca à disposição por empréstimo de um ano sem custos e com preço dos direitos econômicos definidos ao final do vínculo, como seria feito com o Santos.

A única exigência são-paulina é se livrar dos altos salários do jogador. Até agora, quem se mostrou disposto a conversar sobre o negócio é o Vasco. "Existem outros clubes interessados. Podemos até mesmo falar com o Santos novamente. Estamos tentando negociá-lo", falou Jesus Lopes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.