Tamanho do texto

Ex-árbitro de futebol respira com a ajuda de aparelhos. Polícia segue em busca dos autores dos disparos

Atingido por três tiros (dois deles de raspão) após reagir a uma tentativa de assalto no bairro de Perdizes, em São Paulo, na noite da última quarta-feira, o ex-árbitro Oscar Roberto Godói segue internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital das Clínicas. Segundo nota oficial divulgada pelo HC, Godói está consciente, mas segue em estado clínico grave.

Respirando com a ajuda de aparelhos, o também jornalista e comentarista esportivo manteve um quadro de estabilidade durante toda a quinta-feira, após ter sido submetido a uma cirurgia para controle do sangramento e drenagem do tórax, que foi atingido por um dos projéteis.

Na investigação para encontrar os criminosos que dispararam contra Godói, a polícia já reuniu imagens de câmeras de segurança próximas ao local do assalto. Para o delegado Marco Aurélio Batista, houve um "confronto corporal" antes dos disparos contra o ex-árbitro.

PMs fazem ronda no local onde Oscar Godói, de 55 anos, foi baleado na quarta-feira à noite
AE
PMs fazem ronda no local onde Oscar Godói, de 55 anos, foi baleado na quarta-feira à noite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.