Tamanho do texto

Atacante foi o nome da suada vitória de 4 x 2 sobre o Nacional de Nova Serrana; Wallyson fez o outro

O Cruzeiro precisou suar muito para vencer o Nacional de Nova Serrana, em Divinópolis, por 4 x 2. E a vitória esteve diretamente relacionada à atuação do atacante Wellington Paulista , autor de três gols cruzeirenses. O atacante salvou o time, que teve uma atuação longe do esperado. O atacante Wallyson completou a vitória com gol de penalidade já nos acréscimos.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Wellington Paulista é o artilheiro da equipe cruzeirense na temporada, com oito gols. Foram quatro nos amistosos contra América-MG e Mamoré e mais quatro no Mineiro, nos jogos contra Tupi e Nacional de Nova Serrana. "Estou muito confiante desde o final do ano passado. Disse que seria artilheiro em 2012. Feliz, os gols saem naturalmente", explicou o artilheiro cruzeirense.

Com o resultado, o grupo cruzeirense vai passar o carnaval no chamado G4. A vitória sobre o Nacional coloca o time de Vágner Mancini na terceira colocação do Campeonato Mineiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O jogo

O Cruzeiro começou a partida buscando o gol de todas as formas. Anselmo Ramon era quem mais dava trabalho à defesa adversária, mas falhava na pontaria. Mas o nome da noite não demoraria a aparecer. O argentino Montillo bateu cruzado e o goleiro Douglas rebateu. Atento, Wellington Paulista ganhou do zagueiro e fuzilou para abrir o placar.

Paulista lutou muito e marcou três vezes contra o Nacional
Futura Press
Paulista lutou muito e marcou três vezes contra o Nacional

Mas o time celeste “colocou o pé no freio” na sequência e não conseguiu ameaçar mais o gol do Nacional. No início da segunda etapa, a falta de agressividade cruzeirense foi castigada. Aproveitando bobeada da defesa, Éder penetrou e saiu sozinho na cara do goleiro Fábio. O atacante teve categoria para bater no canto e empatar a partida.

A virada só não veio na sequência pois Fábio operou um milagre em cabeçada do ataque do Nacional . O técnico Vágner Mancini percebeu a ira da torcida cruzeirense em Divinópolis ao sacar Roger e promover a entrada de Rudnei.  Gritos de ''burro" ecoaram nas arquibancadas para o treinador.

O Cruzeiro até que chegou a balançar as redes para desempatar com Marcos, mas o bandeira assinalou impedimento duvidoso e o juiz anulou a jogada. E quem voltou a marcar foi o Nacional. Depois de rebote da defesa cruzeirense, o zagueiro Alessandro Lopes acertou belo chute, sem chances para o goleiro Fábio.

O golpe parece ter acordado o setor ofensivo cruzeirense. E a virada veio pelo alto, com um atacante inspirado. Wellington Paulista marcou mais duas vezes de cabeça e selou a vitória do time da capital. Marcos e Montillo foram os responsáveis pelos cruzamentos que terminaram com os gols em sequência.

Em contra-golpe rápido, Montillo foi derrubado na área e o pênalti foi marcado. Wallyson cobrou e voltou a marcar depois da grave lesão no tornozelo esquerdo. O atacante se emocionou na comemoração e foi muito festejado pelos colegas.

FICHA TÉCNICA- NACIONAL DE NOVA SERRANA 2X4 CRUZEIRO
Local: Estádio Farião, em Divinópolis (MG)
Data: 16 de fevereiro de 2012, na quinta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Renato Cardoso Conceição (CBF/FMF)
Auxiliares: Pablo Almeida Costa (CBF/FMF) e Frederico Soares Vilarinho (CBF/FMF)
Renda: R$82.600,00
Público : 3.120 pagantes
Cartões amarelos: Éder, Thiago Santos e Alessandro Lopes (NAC); Marcelo Oliveira (CRU)

Gols:
Nacional: Éder, aos 2 minutos do segundo tempo; Alessandro Lopes, aos 22 minutos do segundo tempo
Cruzeiro: Wellington Paulista, aos 17 minutos do primeiro tempo; aos 27 e 28 minutos do segundo tempo; Wallyson aos 46 minutos do segundo tempo

NACIONAL: Douglas, Afonso (Dudu), Alessandro Lopes, Josemar, Gabriel Araújo; Tiago Santos, Marcão, Alex Maranhão e Eber (Juninho); Reinaldo Alagoano e Marcinho (Éder)
Técnico: Emerson Ávila

CRUZEIRO: Fábio; Marcos, Léo, Victorino e Diego Renan (Wallyson); Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Roger (Rudnei) e Montillo; Anselmo Ramon (Everton) e Wellington Paulista
Técnico: Vágner Mancini

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a partida contra o Nacional de Nova Serrana

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.