Com tranquilidade, Coritiba elimina Atlético-GO na Copa do Brasil

Confirmando ótima fase, time paranaense repetiu vitória e avançou para oitavas, quando enfrentará o Caxias

Gazeta | 30/03/2011 23:55

Compartilhar:

Sem grandes dificuldades em campo, o Coritiba garantiu a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil ao bater o Atlético Goianiense por 3 a 1, no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. Essa é a 16ª vitória consecutiva do time da casa, que já trazia uma boa vantagem do jogo de ida, quando ganhou por 2 a 1 no Serra Dourada.

Mostrando que queria decidir logo a partida, o Coritiba abriu o placar aos oito minutos, com Anderson Aquino, que achou espaço na entrada da área e chutou bonito para marcar. Aos 17 minutos, Aquino repetiu a dose após assistência de Bill. Depois do intervalo, o Atlético descontou com Juninho, aos 25 minutos. Mas Everton Ribeiro, com um golaço, fechou a contagem.

O próximo adversário no caminho mais curto para a Libertadores da América é o Caxias-RS. Antes, o Alviverde volta suas atenções para o Campeonato Paranaense, onde enfrenta o Rio Branaco em busca de uma vitória que pode deixar o time a um passo de comemorar o título antecipado.

Foto: AE

Jogadores do Coritiba comemoram um dos gols no Couto Pereira

O jogo
Empurrado por uma torcida que não parava de cantar, o Alviverde tentava impor seu ritmo de jogo. Aos três minutos, Rafinha partiu para a jogada individual e demorou a tocar para Jonas, que entrou em impedimento. Os goianos responderam com Keninha, que aos quatro minutos arrematou de longe, para fora. Mas a pressão era coxa-branca, e deu resultado aos oito minutos, com Anderson Aquino, que recebeu na entrada da área e chutou certeiro para abrir o placar.

O Coritiba era muito superior em campo e o segundo gol parecia questão de tempo. Aos 15 minutos, Bill chutou da intermediária e isolou. Mas, aos 17 minutos, o atacante alviverde não foi fominha e toou para Anderson Aquino, que chutou para balançar as redes e fazer o segundo. Com a vantagem no placar, o time da casa só esperava as descidas do desesperado Dragão para tentar encaixar um contra-ataque.

A vantagem só não era ainda maior porque, aos 29 minutos, Bill recebeu com liberdade, tocou na saída do goleiro e perdeu uma chance incrível. Davi, de cabeça, desviou por cima do gol e foi mais um a perder ótima oportunidade, aos 33 minutos. Tentado deixar sua marca, Bill se esforçava. Aos 40 minutos, correu para recuperar lançamento na área, mas chegou tarde.

Na segunda etapa, o técnico René Simões colocou o Atlético de vez no ataque com as entradas de Elvis e Josiel. Logo em sua primeira tentativa, Elvis chutou forte e Edson Bastos fez boa defesa. Aos 10 minutos foi a vez de Marcão arriscar o chute, com um petardo que encontrou uma muralha no gol coxa-branca. Na resposta, Aquino, em grande noite, chutou, aos 15 minutos, e carimbou a trave.

Os dois treinadores mexeram nas equipes para dar outra movimentação na reta final da partida. Aos 20 minutos, Anderson Aquino chutou de primeira e a bola passou com perigo. O Dragão descontou aos 25 minutos, com Juninho, que aproveitou rebote de Edson Bastos após desvio de Joisel para empurrar para as redes. Aos 30 minutos, Elvis cobrou escanteio e Anderson desviou pela linha de fundo.

O Coritiba tinha o jogo sob controle, mas começava a se preocupar com alguns ataques do adversário, empolgado após o gol. Porém, aos 39 minutos, Everton Ribeiro recebeu lançamento, balançou o corpo na frente do goleiro e empurrou para as redes, para matar o jogo e fechar a contagem.

FICHA TÉCNICA - CORITIBA 3 x 1 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 30 de março de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Costa da Costa
Assistentes: Jose A Chaves Franco Filho e Julio Cesar Rodrigues Santos
Cartões amarelos: Preto, Agenor, Marcão e Elvis (Atlético-GO)

Gols: CORITIBA: Anderson Aquino, aos 08 minutos e aos 17 minutos do primeiro tempo; Éverton Ribeiro, aos 39 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-GO: Juninho, aos 25 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Edson Bastos; Jonas, Cleiton, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete e Léo Gago; Rafinha, Anderson Aquino (Éverton Ribeiro) e Davi (Marcos Paulo); Bill (Leonardo). Técnico: Marcelo Oliveira

ATLÉTICO-GO: Márcio, Adriano, Anderson, Gilson e Thiago Feltri; Agenor, Diogo Campos (Josiel), Preto e Keninha (Elvis); Juninho e Marcão. Técnico: René Simões

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo