Tamanho do texto

Titulares terão mais uma semana de preparação para a Libertadores. Abel Braga pede calma à torcida

Como já havia sido planejado desde dezembro do ano passado, após o Fluminense confirmar a vaga na Copa Libertadores , o time das Laranjeiras estreia no Campeonato Carioca com um time totalmente reserva. Para oferecer mais uma semana de preparação aos titulares, apenas o 'time B' será usado diante do Friburguense, neste sábado, às 17h, no estádio Moça Bonita, em Bangu.

Leia mais: "Foi minha vontade", diz Thiago Neves sobre volta ao Flu

Se a torcedor sente saudade dos gols de Fred e Sóbis e dos passes de Deco , terá que aguardar mais algumas semanas. E nem mesmo a escalação da estreia foi revelada pelo técnico Abel Braga , que começa o estadual fazendo mistério. Apenas o goleiro Ricardo Berna foi confirmado.

Veja mais: Abel nega vaga cativa e espera contar com Thiago Neves em 20 dias

"A dúvida do meu time sempre será dúvida. Eu nunca dou o time. Vai ser uma equipe considerada que não é considerada titular e no gol vai o Berna. Tem que começar a temporada em igualdade de condições. Ele terminou o ano muito bem e começou o ano muito bem nos treinamentos. Temos que ser objetivos, não importa quem vá entrar em campo", disse o técnico Abel Braga.

Rafael Moura será titular no ataque do Flu
Photocamera
Rafael Moura será titular no ataque do Flu
A tendência é que o Fluminense entre em campo com Ricardo Berna; Rodrigo, Digão, Márcio Rosário e Thiago Carleto (Stéfano); Valência, Jean, Souza e Wellington Nem; Martinuccio (Araújo) e Rafael Moura. O meia Lanzini, que seria utilizado, acabou torcendo o tornozelo durante um dos treinamentos da pré-temporada e desfalca a equipe. O zagueiro Elivélton também segue fora com uma lesão por stress na tíbia e só volta a trabalhar com bola em 40 dias.

Veja também: Sem Deco, Fluminense vence último jogo-treino da pré-temporada

Com apenas duas semanas para preparar o elenco para a estreia, o técnico Abel Braga pede paciência à torcida. O treinador diz que o adversário terá vantagem na parte física, mas acredita que a organização tática e a qualidade individual possam fazer a diferença para o time das Laranjeiras.

"O torcedor tem que ter paciência. Nós não vamos atropelar projetos, o que planejamos, vamos seguir 100%. Os caras estão treinando desde novembro, tem conjunto, fizeram amistosos. Só tivemos 16 dias de trabalho. Não tem como correr igual. Vamos tentar fazer da organização e da parte individual um fator positivo para nossa equipe", declarou o treinador do Fluminense.

Desafio do Friburguense é se manter na série A
Se o Fluminense busca o título, mesmo priorizando outras competições, o desafio do Friburguense é mais modesto. A equipe, promovida à primeira divisão no ano passado, terá que lutar para se manter na série A do estadual. O volante Bidu destaca a alegria de recuperar o torcedor em uma cidade que foi devastada pelas chuvas no início de 2011.

Leia mais: "Ser improvisado na lateral atrapalhou minha carreira", diz Jean

"Mesmo com todas as dificuldades, conseguimos levar o Friburguense de volta ao lugar que ele merece, a primeira divisão. É um grupo de guerreiros, trabalhador. Infelizmente, na Copa Rio o título não veio, mas vamos disputar uma Série D no ano que vem. Fizemos uma campanha brilhante e conseguimos resgatar o torcedor, que há muito tempo não vinha ao estádio", disse Bidu.

FICHA TÉCNICA - FLUMINENSE X FRIBURGUENSE

Local: estádio Moça Bonita, em Bangu (RJ)
Data:  21/1/2012 (Sábado)
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Assistentes: Wagner de Almeida Santos e Jackson Lourenço Massarra dos Santos (RJ)

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Rodrigo, Digão, Márcio Rosário e Thiago Carleto (Stéfano); Valência, Jean, Souza e Wellington Nem; Martinuccio (Araújo) e Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

FRIBURGUENSE: Marcos; Leomir (Sérgio Gomes), Cadão, Evair e Flavinho; Elan, Lucas, Marquinhos (Marcelo) e Jorge; Rômulo e Ricardinho
Técnico: Gerson Andreotti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.