Tamanho do texto

Time de Dorival Jr. abriu vantagem de 2 a 0, mas sofreu três gols na segunda etapa, perdendo por 3 a 2

Atacante Gilberto foi um dos destaques do Inter
Alexandre Lops/AI Internacional
Atacante Gilberto foi um dos destaques do Inter
O Inter perdeu o primeiro jogo do ano. Na segunda partida do Gauchão, com os reservas em campo, o time cedeu uma virada incrível ao Avenida, jogando fora de casa.

O time de Dorival Júnior chegou a abrir uma vantagem de 2 a 0, mas sofreu três gols no segundo tempo, perdendo por 3 a 2.

O atacante Gilberto, um dos destaques em campo, abriu o placar aos 10 minutos de jogo. Fabrício, aos 35, ampliou. Leonardo descontou para o Avenida, aos 11 do segundo tempo. Vinícius, aos 29, deixou tudo igual; e Alex Amado, aos 36, completou a virada.

Com a cabeça na Libertadores, o Inter poupou seus titulares. Apenas o goleiro Muriel foi escalado. Destaque para a estreia do atacante Marcos Aurélio e do jovem Cláudio Winck, 17 anos, na lateral-direita.

Quando a bola rolou, holofotes para o atacante Gilberto. Foi dele o primeiro gol do time e foi dele o passe para o segundo. Ainda na primeira etapa, um minuto antes do segundo gol do Inter, o árbitro Jean Pierre de Lima errou ao não dar um pênalti para o Avenida, quando Bolívar derrubou o atacante Leonardo na área.

Com a vantagem, o Inter voltou mais devagar na segunda etapa. Acabou sofrendo o gol logo no início, deixando o jogo mais emocionante. O Avenida se empolgou, partiu pra cima, fez mais dois gols e deixou o resultado mais justo: 3 a 2 para os donos da casa

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O Inter abre semana importantíssima. Na quarta-feira, 22h, no Beira-Rio, vai receber o Once Caldas, pela partida de ida da fase de mata-mata da Libertadores. O Avenida encara o clássico da cidade na próxima quinta, 19h, quando enfrentará o Santa Cruz, pela segunda rodada do Campeonato Gaúcho.

O jogo:
O Inter teve a chance de abrir o placar com 40 segundos. Zé Mário apareceu na área, chutou baixo, com o goleiro jogando para escanteio. Resposta rápida do Avenida no segundo minuto: Dudu fez o cruzamento para a área, e Dalton teve que cortar a bola que cairia no pé do centroavante.

O Inter largou na frente aos 10 minutos: Fabrício cruzou, Gilberto arrematou. A bola tocou no goleiro e entrou devagarinho. Aos 30, grande arrancada de Gilberto. O atacante fez toda a jogada sozinho e teve o chute bloqueado pelo goleiro Rodrigo Feijão.

Aos 34, erro grave da arbitragem. Bolívar agarrou o atacante Leonardo dentro da área, mas o pênalti não foi marcado. Gol do Inter no minuto seguinte. Fabrício foi lançado pela direita, bateu meio que sem ângulo, marcando belo gol: 2 a 0.

O Avenida conseguiu descontar no início do segundo tempo. Aos 10 minutos, em cobrança de escanteio, Muriel chegou a salvar a primeira cabeçada, mas a bola foi parar na cabeça de Leonardo, que jogou para o fundo do gol.

Élton fez grande jogada aos 20 minutos. Entrou a dribles na área e rolou para Gilberto, que acabou tendo o chute travado. O empate chegou aos 29 minutos. Vinícius foi lançado nas costas da zaga e deslocou o goleiro Muriel: 2 a 2. Edimar quase virou aos 33, com um chute que raspou o poste. Aos 36, Alex Amado não perdoou. A zaga do Inter ficou parada e viu Alex Amado completar o cruzamento: 3 a 2.  

FICHA TÉCNICA - AVENIDA 3 X 2 INTERNACIONAL
Local: Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Data: 22 de janeiro de 2012, no domingo
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre de Lima
Auxiliares: José Franco Filho e Anderson da Silveira Farias.
Cartão amarelo: Juninho Ribeiro, Leonardo (Avenida)

GOLS:
Avenida: Leonardo, aos 11 minutos do primeiro tempo; Vinícius, aos 29 minutos do segundo tempo; Alex Amado, aos 36 minutos.
Internacional: Gilberto, aos 10 minutos do primeiro tempo; Fabrício, aos 35 minutos do primeiro tempo.

AVENIDA: Rodrigo Feijão; Carlos Alberto (Vinícius), Anderson Bill, Rafael Morisco e Dudu; Anelka, Juninho Ribeiro, Edimar e Alexandre (Augusto); Fábio Júnior (Alex Amado) e Leonardo.
Técnico: Gilmar Iser.

INTERNACIONAL: Muriel; Cláudio Winck, Bolívar, Dalton e Zé Mário; Élton (Lima), Sandro Silva e Fabrício; Marcos Aurélio (Eduardo Sasha), Gilberto (Dellatorre) e Jô.
Técnico: Dorival Júnior. 

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.