Tamanho do texto

Alckmin, Kassab, Andrés e Ronaldo estarão nas obras para iniciar "contagem regressiva"

O terreno onde está sendo construído construído o estádio do Corinthians em Itaquera receberá na manhã desta sexta-feira um megarrelógio de contagem regressiva para o início da Copa do Mundo de 2014. De acordo com os organizadores do Mundial, faltarão mil dias para o início da competição. O prefeito Gilberto Kassab, o governador Geraldo Alckmin, o presidente Andrés Sanchez e o ex-jogador Ronaldo estarão presentes.

null

Nesta contagem, a data do início do torneio será 12 de junho de 2014, uma quinta-feira. Nas regras da Fifa, o pontapé inicial da Copa do Mundo é um show, como o realizado antes do primeiro jogo do Mundial na África do Sul. No Brasil, de acordo com as intenções das autoridades paulistanas, a partida inaugural da Copa do Mundo, em 13 de junho de 2014, ocorrerá no estádio corintiano envolvendo a Seleção Brasileira. A Fifa, entretanto, ainda não confirmou a futura arena corintiana como palco da abertura. A oficialização acontece em outubro.

A prefeitura e o governo de São Paulo, porém, tratam o compromisso dessa sexta-feira como parte do Mundial. Às 10 horas (de Brasília), a expectativa é que Alckmin e Kassab embarquem com outras autoridades e esportistas na estação Luz, da CPTM, para Itaquera, onde inaugurarão o megarrelógio.

Mais tarde, o prefeito e o governador devem visitar obras da Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), na zona leste de São Paulo. Mais tarde, cumprirão o cronograma da posse do Comitê Municipal da Copa, coordenado pela Secretaria Especial de Articulação para a Copa do Mundo de Futebol de 2014 (Secopa).

Ainda estão previstas homenagens a atletas vencedores das Copas do Mundo de 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002 pela Seleção Brasileira que devem estar presentes no evento para receberem uma honraria da prefeitura de São Paulo.

*com iG São Paulo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.