Tamanho do texto

Argentino marcou duas vezes da marca da cal. Bayern também avançou às semis da Liga dos Campeões

Messi é o artilheiro isolado da Liga dos Campeões: 14 gols, três a mais que o alemão Mario Gomez
Reuters
Messi é o artilheiro isolado da Liga dos Campeões: 14 gols, três a mais que o alemão Mario Gomez
Jogando no estádio Camp Nou lotado, o Barcelona fez valer a sua força nesta terça-feira. A equipe catalã bateu o Milan por 3 a 1 e avançou às semifinais da Liga dos Campeões pelo 5º ano seguido. O argentino Messi marcou duas vezes em pênaltis contestados pelo time italiano , e chegou aos 14 gols na competição. Assim, igualou o recorde do brasileiro Mazolla , até então o autor do maior número de tentos em uma única edição da Champions . Iniesta completou o placar para o Barça, com Nocerino descontando para a equipe rubro-negra.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O destaque negativo ficou para o brasileiro Alexandre Pato . Sem jogar há meses, o atacante entrou na vaga de Boateng no segundo tempo de jogo, quando o placar já apontava 3 a 1, mas sentiu novas dores e teve que dar lugar a Maxi López apenas 14 minutos depois. No outro jogo da tarde desta terça, o Bayern de Munique confirmou seu favoritismo, venceu o Olympique de Marselha por 2 a 0 na Allianz Arena e também passou de fase.

Confira os próximos confrontos da Liga dos Campeões da Europa

Nesta quarta-feira, o Real Madrid cumpre tabela contra o APOEL, do Chipre, no estádio Santiago Bernabéu. A equipe da capital espanhola venceu o jogo de ida por 3 a 0 e vai até poupar alguns de seus principais jogadores no duelo, que decidirá quem pega o Bayen. Quem também joga em casa é o Chelsea , que recebe os portugueses do Benfica no estádio Stamford Bridge. No primeiro jogo, a equipe inglesa triunfou por 1 a 0 em Lisboa. A equipe que passar no confronto enfrenta o Barcelona na próxima fase. As partidas estão marcadas para às 15h45 (horário de Brasília).

O jogo
Buscando um gol fora de casa para complicar o adversário, o Milan começou em cima do Barcelona , com chegadas perigosas na área. Mas a melhor chance no início do jogo foi do time da casa, com Messi batendo rasteiro para defesa de Abbiati e depois chutando para fora na pequena área. Na pressão, a equipe conseguiu pênalti: Antonini chegou de carrinho e derrubou o argentino. Na marca da cal, ele foi preciso: 1 a 0 para o Barça. Ciente do perigo de sofrer um gol dos italianos, no entanto, a equipe do técnico Josep Guardiola seguiu tocando a bola nas cercanias da área milanista, mas sem levar tanto perigo.

VEJA OS PÊNALTIS POLÊMICOS PARA AO BARÇA, VOTE E DÊ SUA OPINIÃO

Revoltado, Nesta leva amarelo após fazer pênalti contra o Milan
EFE
Revoltado, Nesta leva amarelo após fazer pênalti contra o Milan

O jogo que parecia tranquilo para os mandantes, porém, começou a se complicar aos 32min. Ibrahimovic recebeu de costas e achou ótimo passe para Nocerino . O volante invadiu a área e chutou cruzado para empatar o duelo, levando à loucura os torcedores rubro-negros presentes no Camp Nou. A alegria, porém, durou pouco. O zagueiro Nesta , que fazia ótima partida, se atracou com Fábregas na área e o árbitro Björn Kuipers marcou pênalti. Messi bateu: bola de um lado, goleiro de outro, 2 a 1 Barcelona, placar final do primeiro tempo.

MITO: Messi marca dois e iguala recorde de brasileiro na Liga dos Campeões

Na volta dos vestiários, o Milan se mostrou revoltado com os pênaltis e logo de cara tentou cavar faltas na área do adversário, primeiro com Ibrahimovic, depois com Robinho . O árbitro, porém, mandou seguir. E na base da sorte, o Barcelona resolveu o jogo logo aos 8min: Messi chutou, a bola espirrou e sobrou limpa para Iniesta tocar sem chances para Abbiati. Sem alternativas, o Milan partiu para o ataque em busca de um gol que o recolocasse no jogo, e chegou até a criar boa chance com Robinho, mas o brasileiro estava impedido.

BRASILEIRO: Daniel Alves minimiza polêmica da arbitragem e exalta resultado

Iniesta celebra o gol que matou o jogo
AP
Iniesta celebra o gol que matou o jogo
Para poupar seus veteranos, Josep Guardiola trocou Xavi por Thiago Alcântara , filho do ex-jogador Mazinho. Ele entrou com tudo, perdendo grande chance após passe de Messi. O Milan contra-atacou colocando outro brasileiro em campo: após meses de ausência, Alexandre Pato entrou na vaga de Boateng . O ex-atacante do Internacional , porém, durou apenas 14 minutos em campo, já que sentiu novas dores e deu lugar ao argentino Máxi López .

DETONOU: Ibra diz que entende críticas de Mourinho às arbitragens no Camp Nou

O lateral Adriano ainda desperdiçou boa chance para o Barcelona, o que poderia ter dado status de goleada à vitória catalã. Aplaudidos pela torcida, os jogadores da equipe azul-grená agora aguardam o vencedor de Chelsea x Benfica para saber quem será o adversário nas semifinais da Liga dos Campeões.

FICHA TÉCNICA - Barcelona-ESP 3 x 1 Milan-ITA (agregado: 3 x 1)
Liga dos Campeões da Europa 2011/12 - Quartas de final
Local : Estádio Camp Nou, em Barcelona-ESP
Data : 3 de abril de 2012, terça-feira
Horário : 15h45 (horário de Brasília)
Público : 94.629 torcedores
Árbitro : Björn Kuipers (HOL)
Assistentes : Sander van Roekel e Erwin Zeinstra (ambos HOL)
Cartões amarelos : Mascherano e Cuenca (BAR); Nesta, Antonini, Robinho e Seedorf (MIL)

GOLS :
BARCELONA: Messi, aos 10 e aos 41 minutos do primeiro tempo; Iniesta, aos 8 minutos dos segundo tempo
MILAN: Nocerino, aos 32 minutos do primeiro tempo

BARCELONA : Valdés; Daniel Alves, Piqué (Adriano), Mascherano e Puyol; Busquets, Fábregas (Keita), Iniesta e Xavi (Thiago Alcântara); Cuenca e Messi Técnico : Josep Guardiola

MILAN : Abbiati; Abate, Mexès, Nesta e Antonini; Ambrosini, Nocerino, Boateng (Alexandre Pato) (Maxi López) e Seedorf (Aquilani); Robinho e Ibrahimovic Técnico : Massimiliano Allegri