Tamanho do texto

Desde a decisão de não jogar mais no estádio rival como mandante, Corinthians marcou 17 gols no São Paulo no Pacaembu

Após o primeiro duelo entre Corinthians e São Paulo válido pelo Paulistão de 2009 no Morumbi, o presidente corintiano Andrés Sanchez prometeu que nunca mais iria jogar no estádio são-paulino como mandante na sua gestão. Sem poder dividir as arquibancadas meio a meio no estádio do rival, Sanchez bancou o Pacaembu para sediar os grandes jogos do clube e pelo menos nos confrontos contra o São Paulo, não se arrepende. Longe disso.

Com goleada protagonizada por Liedson, Corinthians confirmou boa fase no Pacaembu
Futura Press
Com goleada protagonizada por Liedson, Corinthians confirmou boa fase no Pacaembu

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

De lá para cá, o Corinthians mandou cinco clássicos contra o São Paulo no Pacaembu e somou cinco vitórias. Foram 17 gols pró e apenas cinco sofridos. A goleada deste domingo, por 5 a 0 , só dá razão a Andrés de não querer mais jogar como mandante no Morumbi. Ainda mais contra o São Paulo.

Entre para a torcida virtual do seu time e convide seus amigos para entrarem também

“Eu falei que não ia jogar contra o São Paulo e contra qualquer clube como mandante. Não compensa para mim e não compensa para o Corinthians”, disse Andrés após a goleada deste domingo. “No Pacaembu a gente leva vantagem porque o aluguel é mais barato e estamos indo bem por aqui”, completou.

Em 2009, o Corinthians fez uma das semifinais do Paulistão no estádio e venceu por 2 a 1, gols de Elias e Cristian. Miranda marcou para o São Paulo. Durante o Brasileiro daquele, no jogo do primeiro turno, nova vitória: 3 a 1. Chicão, Cristian e Jucilei marcaram para o Corinthians e Richarlyson descontou.

No ano seguinte, em mais dois jogos contra o São Paulo no estádio municipal, o Corinthians venceu por 4 a 3 no Paulistão (gols de Danilo, Elias, Roberto Carlos e Alex Silva, contra, para o Corinthians e Rodrigo Souto, duas vezes, e Jean para o São Paulo) e por 3 a 0 no primeiro turno do Brasileirão (gols de Elias, duas vezes, e Jucilei).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.