Tamanho do texto

Kuyt marcou aos 43 minutos da etapa complementar para garantir a classificação às oitavas de final

Maiores vencedores do Campeonato Inglês , Liverpool (com 18 títulos) e Manchester United (19) fizeram neste sábado um clássico movimentado pela quarta fase da Copa da Inglaterra. Jogando em casa, o time de Liverpool só definiu a vitória por 2 a 1 e a classificação para as oitavas de final aos 43 minutos do segundo tempo, quando Kuyt recolocou o time à frente no marcador. Anteriormente, ainda na etapa inicial, Agger , pela equipe mandante, e Park haviam balançado as redes.

Leia também: Chelsea avança na Copa da Inglaterra com gol de pênalti

Agger comemora, com Maxi Rodriguez, o gol que abriu o placar
Getty Images
Agger comemora, com Maxi Rodriguez, o gol que abriu o placar
O primeiro tempo da partida foi muito movimentado e o time visitante começou melhor. Aos 17 minutos, Valencia fez bela jogada pelo lado direito e bateu forte da entrada da área. Para sorte do Liverpool, a bola explodiu na trave.

Mesmo sem criar chances com a bola rolando, o time da casa abriu o placar graças a uma falha defensiva do Manchester United. Após escanteio batido por José Enrique, o goleiro De Gea ficou indeciso e saiu mal do gol. Aproveitando a indefinição da zaga adversária, o zagueiro Agger subiu sozinho e cabeceou para o fundo das redes.

A resposta dos visitantes só viria aos 39 minutos do primeiro tempo, em ótima triangulação. Em jogada construída pelo lado direito, o meia-atacante Valencia deu passe de calcanhar para o lateral Rafael, que ganhou a dividida com o marcador, chegou à linha de fundo e cruzou rasteiro para Ji-Sung Park bater no contrapé de Reina e igualar o marcador.

Leia também: Liverpool empata com o City e vai à final da Copa da Liga Inglesa

Na etapa final o ritmo da partida caiu e o técnico Kenny Dalglish aproveitou para fazer mudanças no Liverpool, já que o empate obrigaria a realização de uma nova partida, desta vez no Old Trafford. Assim, Bellamy, Kuyt e Adam entraram para dar maior força ofensiva ao time da casa.

Satisfeito com a igualdade, o Manchester United ainda levou perigo em alguns contra-ataques, mas foi o Liverpool quem se expôs em busca da vitória. A disposição do time da casa e a coragem de Kenny Dalglish foram premiadas aos 43 minutos do segundo tempo.

Após cobrança de tiro de meta de Reina, o atacante Andy Carroll desviou de cabeça na intermediária e a bola sobrou para Kuyt, que havia entrado no segundo tempo. Sozinho na frente de De Gea, o holandês não desperdiçou a chance e bateu firme para marcar o gol da classificação do Liverpool.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.