Tamanho do texto

Sheik fez o gol solitário da vitória por 1 a 0, mas viu árbitro anular gol legítimo de rival

Com muito suor e um mãozinha do árbitro Marcelo Rogério, o Corinthians venceu sua terceira partida no Campeonato Paulista. Com um gol de Emerson , já nos minutos finais do jogo, a equipe de Tite fez 1 a 0 no Linense no Pacaembu e chegou a 9 pontos em 9 possíveis, se igualando ao São Paulo na ponta da tabela com 100% de aproveitamento. O Linense, com um gol mal anulado no primeiro tempo, se mantém com quatro pontos.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

Na próxima rodada o Corinthians enfrenta o Ituano, quarta-feira, às 22h, fora de casa. Já o Linense visita a Ponte Preta em Campinas na quinta-feira, 21h50.

O jogo
Em busca do melhor entrosamento neste início de temporada, o técnico Tite repetiu os 11 titulares do Corinthians. Nada mudou em relação ao time que fez um ótimo primeiro tempo contra o Guaratinguetá na última rodada. E mais uma vez, com os 11 escolhidos, o Corinthians fez uma grande primeira metade. Porém, diferente da partida no Vale do Paraíba, a equipe pecou muito nas finalizações e não foi capaz de abrir o placar.

Logo aos três minutos, com Danilo, o Corinthians criou sua primeira grande chance. O meia lançou Alex na entrada da área e por pouco não abriu o placar. O camisa 12 foi bloqueado por Anderson Luís, a bola sobrou para Liedson, que sem ângulo para o chute, tocou pelo lado de fora da rede.

Leia mais: Corinthians recebe R$ 1,8 mi com venda de Edno e diminui prejuízo

Depois, aos 7, Emerson foi derrubado na meia lua. Alex bateu firme no canto direito de Douglas, que fez defesa difícil. Aos 13, de novo com Alex, o Corinthians chegou com perigo. O meia deu passe preciso para Emerson no meio da área. O atacante chutou forte e Douglas defendeu com o peito. Sem gol nos primeiros minutos, a pressão corintiana acabou diminuindo e o time cedeu espaço para o Linense, que na bola parada assustou.

O zagueiro Fabão, do Linense, com 2,04m, foi quem levou mais perigo ao gol de Julio Cesar. Primeiro aos 18 minutos. O goleiro não teve dificuldade para defender. Mas aos 38 minutos, marcado por Danilo, o mais alto corintiano com 1,86m, o zagueiro do Linense mandou a cabeçada na trave, a bola voltou nas costas de Julio Cesar e entrou. O juiz Marcelo Rogério anotou falta de Fabão em Danilo.

O Corinthians encerrou o primeiro tempo com quase 67% de posse de bola e 10 finalizações, mas sem conseguir passar pelo goleiro Douglas. O Linense, que segurou a pressão, reclamou do árbitro. “Eu não encostei em ninguém”, disse Fabão, sobre o lance anulado do seu gol.

Na volta do intervalo, após os torcedores terem visto um pedido de casamento da corintiana Carol para o noivo Anderson, celebrada nos alto-falantes do Pacaembu, as equipes voltaram iguais. O clima de felicidade dos noivos não inspirou as duas equipes a buscarem o sorriso dos seus torcedores.

Leia também: Sem zagueiros, Corinthians promete inscrição de Felipe até segunda

O cenário do final do primeiro tempo foi o mesmo. O Corinthians iniciou a segunda etapa tocando a bola, tentando encontrar alguma brecha na bem postada defesa do Linense, com seus três zagueiros. Mais cansado, o Corinthians logo perdeu seu ritmo e Tite se viu obrigado a fazer a primeira mudança. Aos 18, Danilo, que fazia boa partida, com duas finalizações e três passes que deixaram companheiros em boa condição para chutar a gol, saiu para dar lugar a Jorge Henrique.

Com a substituição, Tite resgatou o esquema 4-3-3, uma das formas que costuma comandar sua equipe. A mudança deu mais mobilidade ao ataque corintiano. Com mais opções na frente, o Corinthians logo chegou. Aos 24 minutos, Fábio Santos encontrou Emerson entrando com velocidade pelo meio da área, rolou para o atacante que driblou o goleiro, mas chutou para fora em lance parecido ao perdido por Liedson no início da partida.

O Linense ainda chegou com perigo num contra-ataque. Makelele, livre pela lateral-esquerda, invadiu a área e tocou por cima de Julio Cesar. Leandro Castán salvou em cima da linha. Para renovar seu poder de fogo no ataque, Tite ainda sacou Liedson e optou por Elton para aumentar a altura dos seus homens de frente.

Com ataque renovado, o Corinthians chegou ao gol. Após dois escanteios seguidos, a bola sobrou para Emerson, aos 34 minutos, que mesmo com muita gente a sua frente, fuzilou sem chances para Douglas. Com o placar a favor, Tite sacou o herói do jogo para dar lugar a Vitor Junior para reforçar o meio campo. Dali para frente, com muita calma, e segurando as ações do Linense, o Corinthians segurou o placar e confirmou sua terceira vitória no Paulistão.

FICHA TÉCNICA - CORINTHIANS 1 x 0 LINENSE
Local:
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 29 de janeiro de 2012, domingo
Hora: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Rogério (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)
Cartões Amarelos: Anderson Luís, Diego Macedo, Bruno Quadros (LIN)

Renda: R$ 461.185,50

Público: 15.105 pagantes

Gol: Emerson, aos 34 minutos do 2º tempo

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo (Jorge Henrique) e Alex; Emerson (Vitor Junior) e Liedson (Liedson). Técnico: Tite

LINENSE: Douglas; Fabão, Bruno Quadros e Anderson Luís; Diego Macedo, Elias, Makelelê, Éder e Alexandre Silva (Bruno Farias); Chimba (Neto) e Lenilson (João Henrique). Técnico: Pintado

Acompanhe e confira a torcida do seu time:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.