Tamanho do texto

Jailson cometeu um erro que ajudou o time goiano a vencer e desbancar uma das sensações da Série B

O Goiás foi até Americana na noite desta terça-feira e, com um gol no início de cada tempo e uma bela ajuda do goleiro Jailson, que colocou uma bola apra denro de sua própria meta, conseguiu desbancar uma das sensações do Campeonato Brasileiro da Série B por 3 a 1. Além da ajuda do arqueiro rival, Carlos Alberto e Marcelo Costa anotaram para os goianos, enquanto Charles fez o de honra dos paulistas.

O Goiás praticamente iniciou a partida com a vantagem no placar. Guto foi lançado na área, dominou bem e fez o pivô para Carlos Alberto. O meio-campista chegou rápido e bateu de bico, no cantinho de Jailson, que não alcançou.

Após sofrer o tento, o time da casa passou a pressionar, mas não conseguia chegar com muita contundência à meta adversária. O Goiás tampouco era perigoso nos contra-ataques, fazendo a partida caminhar sem muitas emoções até o intervalo.

Já na segunda etapa, filme com início parecido. Em sua primeira descida, o time visitante conseguiu um escanteio. Diniz bateu no meio da pequena área e o goleiro Jailson fez lambança. Ele tentou socar a bola para longe, mas desviou a redonda para trás e marcou um inusitado gol contra.

Em desvantagem ainda maior, o Americana partiu para cima, apostando nas bolas paradas de Paulo Sérgio. E dessa vez quem brilhou foi Harlei. Ele fez pelo menos três defesas muito difíceis, duas em cabeçadas de Dodô e Henrique e uma em chute de fora da área do atacante adversário.

Mas a redonda só entrou quando o arqueiro esmeraldino falhou. Após mais uma cobrança de falta de Paulo Sérgio, Harlei foi enganado pelo quique da bola e rebateu para frente. Charles apareceu e tocou para as redes, aos 43 minutos.

Só que não deu tempo de os anfitriões nem pensarem em uma reação. Um minuto mais tarde, Douglas puxou belo contra-ataque, limpou dois zagueiros e rolou para Marcelo Costa tocar na saída do goleiro e definir.

Com o resultado, o time goiano chega a 15 pontos conquistados, ocupando provisoriamente a décima posição. Enquanto isso, o Americana permanece com 20 e pode se afastar ainda mais das líderes Ponte Preta e Portuguesa.

Na próxima rodada, os paulistas visitam a própria Portuguesa, enquanto os goianos recebem o Sport, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
AMERICANA 1 x 3 GOIÁS

Local: Estádio Décio Vitta, em Americana (SP)
Data: 19 de julho de 2011, terça-feira
Horário: 21 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso (AM)
Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Luís Rodrigues da Costa (ambos do AM)
Cartões Amarelos: Moacir, Jorge Luis e Julio César (Americana); Diniz, Douglas, Marcinho Guerreiro e Iarley (Goiás)
Gols: AMERICANA: Charles, aos 43 minutos do segundo tempo
GOIÁS: Carlos Alberto, aos dois minutos do primeiro tempo, Jailson (contra), a um minuto do segundo tempo, e Marcelo COsta, aos 45 do segundo tempo

AMERICANA: Jailson; Paulo Sérgio, Jorge Luiz, Henrique e Magal; Júlio César, Alê (André Luiz), Moacir (Fumagalli), Marcinho; Dodô e Reinaldo (Charles) 
Técnico: Toninho Cecílio

GOIÁS: Harlei; Douglas, Rafael Tolói, Ernando e Marcão; Marcinho Guerreiro, Alan Bahia, Carlos Alberto (Valmir Lucas) e Diniz (Marcelo Costa); Iarley e Guto (Jonathan)
Técnico: Márcio Goiano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.