Tamanho do texto

Além do Sport, outros seis clubes disputam as três vagas ao lado da Portuguesa na Série A de 2012

A goleada por 4 a 0 sobre o Americana manteve o Sport na disputa por uma vaga na Primeira Divisão em 2012, mas também aumentou a responsabilidade do time para a reta final do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar disso, jogar para subir ainda é o objetivo do clube, de acordo com o técnico Mazola Júnior.

Veja a classificação da Série B

Com a briga mais afunilada devido ao fim das chances de clubes como Criciúma e Goiás, agora sete clubes disputam as três vagas ao lado da Portuguesa na Série A: Náutico, a apenas um ponto de concretizar o acesso, Ponte Preta e Bragantino, que fecham o G-4 provisoriamente, além de Vitória, Boa Esporte, Americana e o próprio Sport, que tem 55 pontos e ocupa a sexta colocação.

Antes das últimas rodadas da competição, o técnico Mazola Júnior evitou fazer projeções, já que o time não depende só de si mesmo, a aproveitou para elogiar o poder de reação de sua equipe, que em determinado momento parecia não ansiar mais pelo acesso.

"O grupo foi fantástico, porque tivemos uma semana duríssima, com tudo o que passamos depois do clássico. Não é qualquer grupo que reage dessa maneira: são sete pontos conquistados em nove disputados. Isso contra adversários diretos, contra o melhor time da competição. Enfim, estamos preparados para tudo nesse momento", afirmou Mazola, mantendo a confiança inabalada.

O Sport fez sua parte ao derrotar o Americana, mas a distância para o G-4 permaneceu em três pontos. A esperança do clube é que ASA e São Caetano, que lutam contra o rebaixamento, joguem a vida contra Bragantino e Vitória neste sábado, ao passo que o time pernambucano terá pela frente o Paraná, que já não tem pretensões na Série B.

Mazola Júnior aproveitou a situação do Leão, que atua na Ilha do Retiro diante dos paranistas, para cutucar a torcida: "Ainda tem gente que não acredita, mas sábado temos uma partida difícil contra o Paraná e eu quero mais gente ainda na Ilha do Retiro. Posso garantir que o Sport é um time trabalhador, com vergonha na cara e está muito próximo de subir".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.