Tamanho do texto

Equipe paulista contou com gols de Marcos Assunção, Luan e Patrik para superar o rival

O Palmeiras enfrentou dificuldades, mas venceu o Atlético-MG por 3 a 2 neste sábado, no estádio do Canindé, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro . A vitória mantém o Palmeiras na quarta colocação da competição. Com 25 pontos, o time de Felipão não pode ser alcançado nesta rodada.

Após dois gols “relâmpagos” no primeiro tempo, um para cada lado, o Palmeiras marcou mais dois gols na segunda etapa para assegurar a vitória. O Atlético ainda diminui com Wesley, mas não teve forças para reagir. Mais uma vez o Palmeiras contou com as faltas de Marcos Assunção para vencer. Dois gols tiveram a participação direta do volante.

O técnico Luiz Felipe Scolari discutiu com o árbitro da partida após o segundo gol do Atlético-MG e foi expulso. Murtosa comandou a equipe na reta final da partida.

Após enfrentar o Atlético-MG jogando em casa, o Palmeiras jogará contra o Coritiba na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio Couto Pereira. Já o Atlético enfrentará o Grêmio, em Porto Alegre, também na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília).

O jogo
A partida começou bastante equilibrada entre Palmeiras e Atlético-MG. O técnico Dorival Júnior apostou na forte marcação em cima dos jogadores velozes do adversário: Maikon Leite e Luan. As duas equipes entraram em campo com esquemas táticos bem tradicionais. Enquanto o Palmeiras utilizava o 4-4-2, os mineiros iniciaram o jogo atuando com três zagueiros.

Meia Marcos Assunção abriu o placar para o time da casa após bela cobrança de falta
AE
Meia Marcos Assunção abriu o placar para o time da casa após bela cobrança de falta
A partida ainda contou com dois gols “relâmpagos” antes dos 15 minutos iniciais. O primeiro foi do Palmeiras. Aos 14 minutos, Marcos Assunção cobrou falta da esquerda, bate cruzado e engana o goleiro Giovanni. O Atlético-MG empatou um minuto depois. Magnon Alves recebeu a bola na entrada da área, girou e chutou rasteiro, a bola ainda desviou na zaga antes de entrar no canto esquerdo de Deola.

Os treinadores apostavam na marcação, e a partida não tinha muitos lances de perigo. Após os dois gols, o Palmeiras só voltou a assustar o goleiro Giovanni aos 32 minutos. Valdivia dominou a bola fora da área e arriscou um chute forte, que contou com o rebote do goleiro. Ninguém aproveitou.

Dois minutos depois, João Victor recebeu um belo passe de Valdivia e tentou encobrir Giovanni. O Atlético-MG só voltou a finalizar aos 41 minutos. Após cobrança de falta de Serginho, o zagueiro Lima cabeceou com força no chão e Deola fez uma boa defesa.

O Palmeiras voltou pior para a segunda etapa, que contou com jogadas grosseiras do atacante Luan, que arriscou um chute para o gol de fora da área, mas a bola saiu pela lateral do campo. Se não bastasse, Maikon Leite também não fez uma boa partida, e chamou a atenção por vários escorregões no gramado.

O primeiro a causar perigo para os goleiros na segunda etapa foi o Atlético. Aos 15 minutos, Richarlyson driblou o marcou e chutou forte de fora da área, a bola passou raspando a trave de Deola. No entanto, um minuto depois, o atacante Luan se redimiu do péssimo chute no inicio do segundo tempo, e colocou o Palmeiras na frente do marcador. Marcos Assunção cobrou falta, a defesa do Atlético-MG afastou mal, e Luan chutou de perna direita da marca do pênalti para fazer o segundo do Palmeiras.

O Palmeiras melhorou após marcar o segundo gol. Aos 23 minutos, Valdivia driblou o marcador e chutou forte de fora da área, mas Giovanni espalmou para escanteio. Quatro minutos depois, Marcos Assunção quase marcou mais um de falta, mas a bola bateu na rede do lado de fora.

Não demorou muito para o Palmeiras marcar o terceiro gol. Patrick pegou rebote dentro da área para chutar forte e marcar o gol. No entanto, o Atlético-MG diminuiu um minuto depois. Neto Berola fez boa jogada individual e cruzou para Wesley fazer de cabeça o segundo gol. Os mineiros ameaçaram uma pressão no final, mas não conseguiu empatar o jogo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 X 2 ATLÉTICO-MG

Local : Canindé (SP)
Data : 30 de julho de 2011, sábado
Horário : 21h (de Brasília)
Árbitro : Sandro Meira Ricci
Assistentes : Roberto Braatz e Fábio Pereira
Cartões amarelos : Serginho (Atlético-MG); João Victor (Palmeiras)

Gols :
PALMEIRAS – Marcos Assunção aos 14 minutos do primeiro tempo, Luan aos 15 minutos e Patrick aos 33 minutos do segundo tempo
ATLÉTICO-MG – Magnon Alves aos 15 minutos do primeiro tempo e Wesley aos 34 minutos do segundo tempo

PALMEIRAS : Deola; Cicinho, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Gerley; Marcos Assunção, João Victor, Valdívia e Luan; Maikon Leite (Patrick), Dinei. Técnico : Luiz Felipe Scolari.

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Werley, Lima, Leonardo Silva; Patric, Serginho (Wesley), Richarlyson, Caio e Eron; Magno Alves (Neto Berola) e Jonatas Obina (André). Técnico : Dorival Júnior.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.