Tamanho do texto

Joel Santana disse ainda não saber qual time colocará em campo neste domingo na capital paulista

selo

AE
"Não é uma questão de mistério, não. É de achar uma solução", disse.

Sem poder escalar quatro jogadores que estavam sendo usados em todas as partidas, o técnico Joel Santana diz ainda não saber como vai montar o Bahia para enfrentar o Corinthians neste domingo, às 16h (horário de Brasília), no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro. "A escalação só vai sair lá na hora", disse o treinador. "Não é uma questão de mistério, não. É de achar uma solução".

A principal dúvida está no ataque. Joel Santana já sabia que não poderia contar com o lateral-esquerdo Dodô, com o meia-atacante Lulinha e com o atacante Souza, que são jogadores emprestados pelo Corinthians. Não imaginava, porém, que fosse perder o outro atacante do time, Jones, punido pelo cartão amarelo por simular um pênalti na última partida, em lance ainda contestado pelo elenco e pelos torcedores.

Com o desfalque, Joel Santana sinaliza que deve optar por mais um jogador de meio de campo, deixando Júnior - que substitui Souza - sozinho no ataque. "Só lá vou decidir se entro com o Camacho ou com o Ricardo (Ricardinho)", afirmou.

O técnico não descarta, porém, uma surpresa para o setor, como o meia-atacante Maranhão. O jogador, mais veloz que os outros dois, treinou entre os titulares e também pode surgir como opção para a lateral esquerda, outra posição sem definição no time - o titular Ávine, a quem Dodô vinha substituindo, segue em tratamento médico.

Apesar das dúvidas, o clima é de confiança no elenco após as duas vitórias consecutivas - sobre Fluminense e Atlético Paranaense, que fizeram o time se afastar da zona de rebaixamento. Com os resultados, o Bahia chegou à 14.ª posição, com 30 pontos, cinco a mais que o 17.º colocado, o Atlético Mineiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.