Tamanho do texto

Meia argentino apresentou boa atuação em vitória do Grêmio diante do Coritiba

Lesões, atuações irregulares e falta de oportunidades. Desde que foi contratado pelo Grêmio , Escudero não conseguiu corresponder à expectativa da direção e da torcida. Tanto que não era titular nem a primeira opção de Renato Gaúcho.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Com Julinho Camargo, a história é diferente. O meia argentino foi titular nas duas partidas comandadas pelo novo treinador. Na vitória sobre o Coritiba , neste domingo, fez o que se esperava dele: armou jogadas, driblou e finalizou. Fez boa parceria com Bruno Collaço pela esquerda.

“Ele tem a agressividade do drible e do chute. Funciona muito bem na linha de quatro, mas precisa se acostumar mais a pisar na área. Foi completo e só tende a crescer”, analisou Julinho Camargo.

Escudero, então, é o titular da posição. Nesta semana, a partir de terça-feira, na reapresentação dos jogadores, terá mais tempo para aprimorar os quesitos elencados pelo treinador. E melhorar os seus números no clube gaúcho: tem 19 jogos e um gol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.