Tamanho do texto

Equipe do técnico Roberto Mancini não teve dificuldades para vencer o rival e chegou a 48 pontos na competição

Higuaín fez o segundo gol do Real Madrid contra o Málaga nesta terça-feira
AFP
Higuaín fez o segundo gol do Real Madrid contra o Málaga nesta terça-feira
O Manchester City voltou a provar nesta terça-feira que é muito forte dentro do seu estádio. Atuando diante do Liverpool, que estava invicto há cinco jogos, a equipe do técnico Roberto Mancini não teve trabalho para fazer 3 a 0, com gols de Sergio Aguero, Yaya Touré e James Milner, de pênalti.

Leia mais: Liverpool decide não recorrer de punição de Suárez

Com o resultado, o City mantém o 100% de aproveitamento nos seus domínios, além de praticamente garantir a liderança por mais uma rodada ao somar 48 pontos (só perde se o United conseguir mais de sete gols de vantagem sobre o Newcastle, fora de casa, nesta quarta-feira).

Veja ainda: Torcedor inglês acerta apostas "impossíveis" e ganha US$12 mil

Enquanto isso, os Reds veem a sua recente arrancada diminuir o ritmo. Com 34 pontos conquistados, o time perdeu a chance de ultrapassar o Arsenal e estaciona na sexta colocação. Na próxima rodada, os citizens visitam o Wigan, enquanto o time da Terra dos Beatles recebe o Stoke City.

O jogo
A superioridade dos anfitriões ainda teve uma ajuda logo no início da partida no City of Manchester Stadium. Dois minutos após defesa difícil de Joe Hart em chute de Downing, Aguero recebeu na frente, limpou para o pé direito e chutou firme. Reina caiu para fazer a defesa, mas viu a bola passar debaixo do seu corpo. Frango do espanhol e 1 a 0 para o City.

O duelo ficou equilibrado na sequência, mas sem nenhum dos dois times criarem grandes chances de marcar. O time da casa voltou a ameaçar apenas aos 31, em jogada de bola parada. Após bola alçada do escanteio, Kompany testou firme e Reina fez grande defesa.

E mais: Em boa fase, Ramires defende o ameaçado Villas-Boas no Chelsea

No minuto seguinte, porém, o arqueiro não teve chance. David Silva bateu outro tiro de canto, dessa vez do lado direito, e encontrou o volante Yaya Touré no meio da área. O marfinense subiu alto e testou firme, vendo a bola bater no travessão antes de entrar.

Yaya Touré marca o segundo gol do City e comemora com David Silva
AP
Yaya Touré marca o segundo gol do City e comemora com David Silva

Na segunda etapa, o jogo ficou morno, até atrapalhado pela forte chuva que caía em Manchester. Nem a entrada de Gerrard nos visitantes, que costuma dar uma injeção de ânimo na equipe, funcionou desta vez.

Quando parecia que os comandados de Kenny Dalglish iriam embalar, após Barry ser expulso de campo ao fazer falta em Agger, um balde de água fria foi jogado por Yaya Touré e pelo árbitro, que marcou pênalti contestável de Skrtel sobre o meio-campista. Na batida, Milner deslocou o goleiro e marcou.

Logo depois, Adam Johnson arriscou de fora da área e carimbou a trave de Reina. Na resposta, Gerrard chutou com perigo ao gol de Hart, mas não conseguiu fazer o gol de honra do Liverpool.

O Tottenham recebeu o West Bromwich nesta terça-feira e sofreu para fazer 1 a 0, com gol de Defoe, aos 18 minutos da segunda etapa. O time londrino agora tem 42 pontos, e segue no encalço dos líderes. Também nesta terça, o Sunderland fez 4 a 1 no Wigan, fora de casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.