Tamanho do texto

"Mais de uma hora dentro do avião, o piloto está aqui, mas as cinzas não nos permitem sair", disse Forlán no Twitter

As cinzas do vulcão chileno Puyehue-Cordón Caulle causaram problemas nesta segunda-feira para a seleção uruguaia, que enfrentou atraso em seu voo de Mendoza para Buenos Aires, de onde partirá para La Plata, local do jogo desta terça-feira contra o México, pelo grupo C da Copa América .

"Mais de uma hora dentro do avião, o piloto está aqui, mas as cinzas não nos permitem sair", escreveu em sua página no Twitter o atacante Diego Forlán .

No entanto, a delegação chegou horas depois à capital Argentina. A equipe deve treinar à tarde em Buenos Aires e assim fechar a preparação para a partida diante dos mexicanos, na qual precisará de uma vitória para se classificar para as quartas de final da Copa América sem depender de outros resultados.