Tamanho do texto

Time inglês recebe a visita do Benfica no Stamford Bridge, onde venceu todos os quatro jogos que disputou na Liga dos Campeões

O gol marcado por Salomon Kalou no confronto da última semana deixou o Chelsea em boa situação na luta contra o Benfica por uma vaga na semifinal da Liga dos Campeões . Nesta quarta-feira, às 15h45 (de Brasília), o time inglês tem a chance de carimbar o passaporte à fase seguinte dentro do seu estádio, onde tem desempenho perfeito na competição até o momento.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Kalou chuta de direita e marca o gol do Chelsea contra o Benfica
AP
Kalou chuta de direita e marca o gol do Chelsea contra o Benfica

O Chelsea venceu as quatro partidas que disputou no Stamford Bridge na atual edição da Liga dos Campeões. Além disso, marcou 14 gols e sofreu apenas um. Apesar do retrospecto favorável, o comandante do time inglês, Roberto Di Matteo, vê o Benfica bastante vivo na disputa.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

“Todos nós sabemos como o futebol funciona, ainda não há nada acabado”, afirmou o treinador italiano. “Restam ainda 90 minutos para serem jogados. Fazia tempo que o Benfica não perdia como mandante, e isso só engrandece nosso feito”, concluiu.

Di Matteo assumiu o Chelsea de forma interina no início do mês, após a demissão do português André Villas-Boas . Sob seu comando, a equipe conseguiu reverter a desvantagem contra o Napoli e eliminou o time italiano no jogo de volta das oitavas de final com uma vitória dentro de casa por 4 a 1.

Veja também:  "Ainda não nos classificamos", diz técnico do Chelsea

Apesar de jamais ter conquistado o título, o Chelsea se acostumou ultimamente a disputar as fases decisivas da Liga dos Campeões. Caso consiga manter o bom rendimento dentro de casa nesta quarta, o time londrino conquistará uma vaga na semifinal da competição pela sexta vez em nove anos.

Leia ainda:  Com pênaltis polêmicos, Messi iguala recorde e Barça elimina Milan

A história do Benfica na competição é completamente contrária. Campeã em 1961 e em 1962, a equipe portuguesa perdeu força nas últimas décadas. A participação mais recente nas quartas de final foi em 2006, quando acabou sucumbindo diante do Barcelona – que ficou com o título. E a última vez que conseguiu passar para a semifinal foi em 1990 – ano em que foi derrotada pelo Milan na decisão.

E mais:  Messi marca dois e iguala recorde de brasileiro na Liga dos Campeões

Apesar do revés diante da própria torcida, Jorge Jesus, técnico do Benfica, exaltou a atuação de seus comandados no confronto de ida diante do Chelsea e demonstra acreditar em uma reviravolta.

Confira também:  Mesmo sem Robben, Bayern passa fácil pelo Olympique e vai às semis

“Jogamos bem e não deixamos o Chelsea criar muitas oportunidades”, afirmou Jesus. “Não acredito que merecíamos ter perdido, mas ainda tem uma partida para acontecer em Londres e temos qualidade para marcar gols lá”, completou. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.