Tamanho do texto

Tribunal decidirá se clube suíço voltará ou não para a Liga Europa, após ser excluído em agosto por escalar cinco jogadores irregulares

selo

A disputa judicial entre Uefa e Sion deve ter uma resolução em novembro. Nesta terça-feira, a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) marcou para o dia 24 do próximo mês o julgamento que decidirá se o clube suíço voltará ou não para a Liga Europa, após ser excluído em agosto por escalar cinco jogadores que estavam em situação irregular. 

A Uefa informou que aceitou a decisão de realizar o julgamento em breve para que a equipe possa ser rapidamente recolocada no torneio se for absolvida das acusações. A entidade europeia ainda afirmou que propôs três opções "totalmente realistas" para a reintegração do clube caso ele vença o julgamento. 

O Sion passou pelo Celtic nas preliminares da Liga Europa, mas não chegou à fase de grupos por conta da punição. Assim, o time escocês herdou a vaga no Grupo I da competição, ao lado de Atlético de Madrid, Udinese e Rennes - todos estes clubes terão representantes no julgamento de novembro. 

Desde então, a briga judicial entre a equipe e a Uefa tem se arrastado e chegou até à esfera civil, com a corte suíça afirmando que o time deveria ser reintegrado à competição. No entanto, a entidade europeia venceu os julgamentos na esfera esportiva, o que fez com que se recusasse a obedecer tal ordem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.