Tamanho do texto

Lateral citou vontade do time carioca em ter seu futebol e falta de chances que teria no São Paulo

Após ter sido rebaixado com o América-MG no Campeonato Brasileiro de 2011 , mas ter se destacado como um dos bons nomes da equipe, o lateral-esquerdo Thiago Carleto se viu em uma situação difícil. Ao se reapresentar ao São Paulo , clube que detém seus direitos econômicos, o time paulista havia contratado um jogador para a posição, Cortês , eleito melhor lateral-esquerdo do Campeonato Brasileiro . Na reserva, Juan , titular em quase toda temporada.

Mercado da Bola: Veja as últimas transferências do futebol brasileiro

Em uma conversa com o técnico do São Paulo , Émerson Leão , o jogador então decidiu procurar outro clube para mais uma vez recomeçar a carreira. E a vontade dos dirigentes do Fluminense em contar com seu futebol foi determinante para trocar de clube, diz Thiago Carleto.

Thiago Carleto explicou que não teria chances no São Paulo
Nelson Perez/FluminenseF.C.
Thiago Carleto explicou que não teria chances no São Paulo

"Eu tive uma conversa com o professor Leão, e ele deixou as coisas muito claras, pois já tinha trabalhado com ele no Santos e ele foi sincero. Tive alguns contatos de outros times, mas nada concreto. O Fluminense me procurou de uma maneira que eu falei ‘cara, esse é o clube para onde eu preciso ir’. Meu empresário disse que todos aqui estavam confiantes com minha contratação e eu também fiquei confiante", declarou o novo reforço do Fluminense.

Leia mais: Aos poucos, Flu atende pedido de Abel e reduz o número de atletas

Entre as principais características do seu estilo de jogo, Carleto aponta o chute forte como um dos seus pontos mais fortes. E é usando essa arma que ele espera conquistar espaço na disputa com Carlinhos, titular do Fluminense nas últimas temporadas.

Veja mais: Com beijo no escudo, Carleto avisa "passou da hora de me firmar"

"A habilidade a gente deixa para o Deco, Fred, Rafael Sóbis, Souza, que têm mais habilidade. Eu sou um jogador de força, de chegar na linha de fundo e tem o chute, que é o meu ponto forte. Deus deu um dom para cada um, o drible para o Messi, o Cristiano Ronaldo, e para mim acho que foi o chute. Quando tiver oportunidade vou chutar, porque é um dom que tenho", destacou Thiago Carleto. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.