Tamanho do texto

Meia se sentia sozinho na armação ofensiva do time, mas agora tem dois companheiros em seu setor

Eduardo Ramos veste a camisa 10 do Náutico e é o principal armador da equipe, mas seu desempenho vinha sendo prejudicado por atuar muito sozinho na intermediária ofensiva do time. Porém, de acordo com o jogador, as coisas melhoraram nas últimas duas partidas do clube na Série B.

Nas vitórias sobre Icasa, em Juazeiro do Norte, e Americana, nos Aflitos, dois companheiros trabalharam em seu setor, permitindo uma liberdade maior diante dos adversários. "Nos últimos jogos o professor (Waldemar Lemos) foi muito feliz. Com a aproximação do Derley e do Elicarlos eu fiquei mais livre da marcação, com um pouco mais de espaço. E isso ajudou bastante, pois o jogo fluiu mais", explicou.

Quatro pontos atrás do líder, o Náutico está treinando para a partida do próximo sábado, contra o Vila Nova, em Goiânia, na tentativa de seguir embalado e entrar no G4. Para que a equipe consiga estar no grupo dos quatro melhores, duas equipes da lista de ABC-RN, Americana e Paraná não podem vencer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.