Tamanho do texto

Herrera (dois) e Loco Abreu marcam para time alvinegro no Engenhão. Briga na última rodada é pela 1ª posição com o Flamengo

A exemplo do Flamengo , o Botafogo assegurou a classificação antecipada no Grupo A da Taça Rio – segundo turno do Campeonato Carioca -, ao derrotar neste domingo o Friburguense por 3 a 1, no Engenhão, gols de Herrera (dois) e Loco Abreu , Douglas descontou. A vaga foi conquistada graças também ao empate entre Volta Redonda e Resende. O time comandado por Oswaldo de Oliveira chegou a 17 pontos (um a menos que os rubro-negros), não podendo mais ser alcançado por Resende (13) ou Macaé (12) na última rodada.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Sob o forte calor que castigou o Rio neste domingo de Páscoa, o Botafogo teve pela frente um adversário que foi a campo disposto a jogar na retranca. Era duelo clássico entre o grande e o pequeno. E a temperatura elevada transformou o Engenhão em um verdadeiro caldeirão – dificultando as coisas para o time alvinegro.

E foi num destes contra-ataques que o Friburguense chegou com perigo ao gol de Jefferson. Marcelo Mattos derrubou Jorge Luiz na área. Pênalti, que Rômulo cobrou no canto direito para a bela defesa do goleiro alvinegro.

O Friburguense gostou do jogo, adiantou a marcação e passou a incomodar os donos da casa. Mas acabou sendo surpreendido. Num erro de saída de bola, Andrezinho tentou enfiar a bola para Fellype Gabriel na grande área, mas Cadão cortou. No entanto, bem posicionado, Loco Abreu acabou ficando sem marcação, de frente e para o gol. E, de perna esquerda, empurrou para o fundo da rede: 1 a 0. Foi o sexto gol do atacante alvinegro na competição.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Carioca

O Botafogo poderia ter feito o segundo, com Antônio Carlos. O zagueiro-artilheiro subiu com estilo após escanteio cobrado da direita. A torcida já se levantava para comemorar quando o goleiro Marcos se esticou todo e segurou firme. Em seguida, foi Fellype Gabriel quem desperdiçou uma chance mais clara ainda de gol. Sozinho, o meia alvinegro conseguiu o mais difícil: isolar.

No segundo tempo, o Friburguense voltou disposto a igualar forças no campo de jogo. O técnico Gerson Andreotti disse, antes de ir para o intervalo, que sua equipe não mudaria a estratégia de jogo. E não mudou. Incomodou o time alvinegro na segunda etapa, chegando a jogar de igual para igual.
Mas o Botafogo, com um time mais qualificado, era mais perigoso. Aos 14 minutos, Elkeson recebeu belo passe de Andrezinho. Na frente do goleiro e sem marcação, o atacante acertou a trave. No rebote, Loco Abreu chutou por cima. Mas Herrera mostrou como se faz. Aos 37, o argentino escorou cruzamento de Fellype Gabriel e fez 2 a 0.


O Friburguense descontou com Douglas, aos 40, mas Herrera mostrou ao que veio. Aos 41, o atacante, oportunista, mandou para o fundo da rede uma bola chutada da direita por Renato.

FICHA TÉCNICA – BOTAFOGO 3 x 1 FRIBURGUENSE
Local : Estádio Olímpico João Havelange, Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data : 8 de abril de 2012, domingo
Hora : 16 horas (de Brasília)
Árbitro : Eduardo Cordeiro Guimarães
Assistentes : Edney Guerreiro Marcarenhas e Marco Aurélio Pessanha
GOLS :
Botafogo : Logo Abreu, aos 35 minutos do primeiro tempo; e Herrera, aos 37 e 41 do segundo tempo
Friburguense : Douglas, aos 40 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos : Elan, Marcelo Mattos, Cadão, Sergio Gomes

BOTAFOGO : Jefferson; Lucas (Lucas Zen), Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Andrezinho e Fellype Gabriel; Elkeson (Caio) e Loco Abreu (Herrera)
Técnico: Oswaldo de Oliveira
FRIBURGUENSE : Marcos; Sérgio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Elan, Marcelo, Lucas e Jorge Luiz (Douglas); Rômulo e Ricardinho (Ziquinha)
Técnico: Gerson Andreotti

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.